Prefeitura ameaça professores da rede municipal, denuncia vereador


Após o decreto de greve feito pelos professores da rede municipal de São Felipe, a local prefeitura decidiu ameaçar os profissionais com desconto de salário pelos dias paralisados. A denúncia foi feita pelo vereador João Vitor (PSB), que apoia a mobilização dos professores, que estão com salários atrasados e cobram o reajuste salarial de 2018.

“A situação que estamos vivendo é absurda. A atual gestão persegue os profissionais da educação e, além de não pagar os salários, ainda faz ameaças de corte nos salários. A paralisação é legítima e tem motivos muito claros: a prefeitura não paga os salários em dia. É um completo desleixo com a educação”, critica João Vitor.

Em mensagem enviada aos professores, a prefeitura diz que “as paralisações são ilegais e será aplicado o entendimento do STF de que a suspensão acarreta registro de falta, desconto salarial e também prejuízo de férias e licença prêmio”. A prefeitura ainda diz que a “folha de pagamento chegou ao extremo e insuportável”.

“Para a prefeitura, manter a educação é algo insuportável, como vimos na mensagem. Não querem valorizar o trabalho dos profissionais, não dão prioridade à educação, que é um dos pilares do desenvolvimento. Vamos lutar contra essa situação absurda”, diz o vereador.

Em anexo, cópia do documento enviado aos professores.

Luan Santos