Febre de Lassa: doença mortal se espalha pela África e não tem cura

Febre de Lessa, tem causado a morte de diversos africanos.


A Nigéria, na África tem sido atingida desde o início de 2018, pela Febre de Lessa, uma doença mortal, que ainda não existe cura ou vacina. Uma epidemia tem sido registrada, em geral a doença ocasiona a morte de 1% dos infectados, mas no caso específico, mais de 20% tem morrido.

Segundo informações, a “febre hemorrágica viral”, pode afetar muitos órgãos e danificar os vasos sanguíneos do corpo. A maioria das pessoas que ficam infectadas, apresentam febre, dor de cabeça e fraqueza, nos casos graves aparenta-se ao Ebola, causando sangramentos na boca e nariz. Mas na fase inicial é assintomática.

O surto da Febre de Lessa está ativo em 18 estados da Nigéria, e já matou mais de uma centena de pessoas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), classificou o surto como o pior na história do país, a doença não é nova, mas tem se espalhado rapidamente e é transmitida para humanos através do rato comum africano.