Caixa dois pode ter abastecido campanha de Bolsonaro, diz jornal

Dinheiro desviado teria abastecido campanhas de Álvaro Antônio e Bolsonaro.


A permanência do ministro do turismo, Marcelo Álvaro Antônio no cargo, mesmo após ter sido denunciado pela Polícia Federal, no caso das candidaturas laranjas no estado de Minas Gerais, teria segundo o jornal Folha de S. Paulo explicação: o dinheiro teria supostamente abastecido a campanha de Jair Bolsonaro nas eleições 2018, por meio de caixa dois.

Na sexta-feira (4), o Diretor-Geral da PF, Maurício Valeixo, esteve reunido com o presidente, o encontro não estava na agenda e somente foi incluído após as 17h.

A PF tem em mãos uma planilha que aponta para o suposto caixa clandestino.

Se as revelações do jornal se confirmarem, o país estará novamente envolvido num escândalo de corrupção no mais alto cargo da república.