Everaldo diz que apoio de Wagner à candidatura de Éden é ‘precipitado’


O presidente do PT na Bahia, Everaldo Anunciação, caracterizou como “precipitado” o apoio do senador Jaques Wagner à candidatura do seu chefe de gabinete, Éden Valadares, à presidência do partido.

Anunciação disse que vai continuar lutando pela unidade na legenda, mas afirmou que o momento é para se preocupar com questões externas, como a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Quem quiser ser candidato só poderá ser em outubro. Acho que o apoio à candidaturas é mais simbólico, acho até que precipitado no momento. Temos que nos preocupar com outras questões, questões externas como o ‘Lula Livre’. Não podemos criar esse tipo de coisa dentro do partido. Lutarei pela unidade”, ressaltou.

Wagner reuniu petistas em seu escritório, em Salvador, na sexta-feira (9), para formalizar apoio à candidatura de Éden, que terá o ex-deputado federal Emiliano José como vice.

Bahia.ba