Neto chama colunista de palhaço após nota sobre ‘impeachment’ de Bolsonaro


O presidente nacional do DEM, ACM Neto, negou ter afirmado ao colunista Lauro Jardim (O Globo) que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) sofrerá impeachment caso o governo não mude de postura.

“Uma mentira, uma palhaçada. Ele não me ouviu, não me consultou e publica uma coisa dessa. Coisa de palhaço”, declarou o prefeito de Salvador em coletiva à imprensa no Palácio Thomé de Souza, na manhã desta segunda (3).

Pouco depois, a assessoria de ACM Neto divulgou nota reafirmando que a publicação de Jardim “não passa de intriga e factoide”.

Leia abaixo a íntegra da nota:

“Nota de colunista não tem fundamento

O presidente nacional do Democratas, prefeito de Salvador, ACM Neto, afirma que não passa de intriga e factoide a tentativa de lhe imputar qualquer comentário sobre uma suposta crise entre o governo federal e o Congresso Nacional. A nota publicada na coluna de Lauro Jardim, em O Globo, não se sustenta e não tem nenhum fundamento diante das demonstrações públicas em entrevistas e discursos do líder do DEM de defesa da democracia e de apoio à agenda de reformas que vão promover a recuperação da economia do Brasil. Na semana passada, em seu discurso de posse do segundo mandato na presidência do partido, ACM Neto foi claro na posição adotada: “A defesa da democracia é uma profissão de fé para mim e para o Democratas. Está presente em todas as nossas ações. Temos que, neste momento, com bom senso, maturidade e equilíbrio, refutar todo e qualquer tipo de radicalismo. E o Democratas vai estar sempre ao lado da agenda criada para impulsionar o País”.

Bahia.ba