Quatro processos contra o ex-presidente Michel Temer são enviados a 1ª instância

Temer é investigado por corrupção.


Quatro processos do ex-presidente Michel Temer – MDB, foram enviados nesta segunda-feira (4), para 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal.

As três denuncias e um inquérito estavam no Supremo Tribunal Federal, mas com a saída de Temer da presidência, ele perdeu o foro privilegiado.

Um dos processos, investiga o decreto dos portos, o ex-mandatário é suspeito de beneficiar empresas do setor num esquema de corrupção.

Durante o mandato ele foi denunciado por duas vezes pelo procurador-geral da república, na época, Rodrigo Janot, mas foi poupado do afastamento do cargo por deputados que decidiram não investiga-lo nas duas oportunidades, em 2018 Raquel Dodge, argumentou que o ex-presidente era suspeito de integrar o quadrilhão do MDB.

O ex-presidente nega as acusações. Novos inquéritos devem ser abertos no Rio de Janeiro e São Paulo.