Terceira cirurgia em Bolsonaro deve ocorrer em Janeiro

Se for eleito presidente da república, Bolsonaro será submetido ao procedimento logo após a posse.


O cirurgião Antônio Luiz Macedo, pretende realizar em janeiro uma nova cirurgia para retirada da bolso que hoje coleta as fezes do candidato.

O abdome de Bolsonaro será aberto novamente para que as alças do intestino grosso sejam unidas e, com isso, o trânsito intestinal volte ao normal e o paciente deixe de usar a bolsa coletora de fezes, os médicos consideraram que complicações nesses casos são menores.

Embora a cirurgia de reversão de colostomia seja menos complexa do que as anteriores, ela não está isenta de riscos.