Pedro Tavares pode ser o vice de ACM Neto em 2018


O nome de Tavares tornou-se o mais forte para vice na chapa com o Democratas em 2018.

O deputado estadual Pedro Tavares (PMDB), pode ser o escolhido pelo partido para compor chapa com o prefeito de Salvador em uma eventual candidatura ao governo de estado em 2018. Nesta terça-feira (5), uma fonte ligada ao parlamentar revelou a nossa redação a possível indiciação de Tavares para vice de Neto.

Articulações políticas trabalham com a possibilidade de uma chapa DEM/PMDB, tendo uma vaga de senador nas mãos do DEM e a outra com o PSDB, podendo um ser o prefeito de Feira de Santana José Ronaldo e outro Antônio Imbassahy, deputado com mandato federal licenciado para assumir o cargo de ministro no governo Temer.

Com o declínio da família Vieira Lima, atolada em escândalos de corrupção, Pedro Tavares assumiu o comando da sigla no estado e tornou-se o nome mais forte dentro do PMDB para compor chapa com Neto.

Em número de votos em 2014, o primeiro colocado do partido foi Bruno Reis, quando obteve 89.607 votos, atualmente ele é vice-prefeito de Salvador, e caso a saída de Neto se confirme, se tornará gestor da capital baiana até 2020.

Tavares foi o segundo colocado, teve 77.964 votos e o 14º eleito no estado. Nascido em Salvador, tem 41 anos e está no segundo mandato de deputado estadual. Em 2016 o nome dele chegou a ser ventilado com pré-candidato a prefeitura de Ilhéus, mas acabou não se confirmando.

Segundo informações, os opositores ao governo petista de Rui Costa, já formaram palanque em 390 municípios do estado da Bahia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *