Alice: Candidatura de Manuela D’Ávila não divide; na Bahia, ‘todos’ estão com Rui


O lançamento da pré-candidatura da deputada estadual gaúcha Manuela D´Ávila (PCdoB-RS) na quarta-feira (8) não implicará em uma cisão em relação ao PT, de acordo com a deputada federal Alice Portugal (PCdoB-BA). “Meu partido terá uma pré-candidatura, já lançou, e nós estaremos com essa pré-candidatura fazendo o debate mais amplo possível com a sociedade brasileira. E essa pré-candidatura será vocalizadora de que Lula tem que ter o direito de ser candidato, na medida em que ele é o alvo principal desse enfrentamento ao golpe.

E Ciro Gomes pelo PDT, Manuela D’Ávila pelo PCdoB; o PSB deve lançar algum pré-candidato, o Psol e o PSB sempre lançam seus pré-candidatos”, afirmou, ao ser questionada sobre o presidenciável que apoiaria. “Então vamos ver o curso dos acontecimentos, como as coisas vão delinear, mas nós estamos juntos, com Lula, com Ciro, contra Temer e pela democracia no nosso país”, reafirmou.

No âmbito estadual, Alice reforçou também a aliança com o governador Rui Costa. “Primeiro a grande questão: estamos todos com Rui Costa, que tem sido um governador exemplar de trabalho, de diálogo. Então esse diálogo será comandado por ele para a verificação de como a chapa será montada.

O PCdoB, que está com o PT de maneira unitária nas lutas em defesa da democracia, a gente reivindica que tenha dessa vez uma oportunidade. Temos nomes despontando nas pesquisas do Senado, mas obviamente a nossa prioridade é que essa coalizão seja mantida, seja solidificada, para continuarmos tendo a Bahia como um espaço de defesa de prática democrática”, sinalizou.

Indagada sobre sua presença na disputa, ela confirmou, mas acrescentou que a definição interna deve ocorrer após a conversa com o governador. “Pode ser, é um dos nomes que está sendo elencados, como o de todos os deputados federais do partido. Isso tudo depende da mesa de diálogo”.

BN