Ex-prefeita de Amargosa diz que TCM errou sobre multa de quase R$ 200 mil e cobra retratação


Informação divulgada diz que Karina Silva teria que devolver quase R$ 200 mil do próprio bolso por irregularidades em sua gestão no ano de 2016.

A ex-prefeita de Amargosa Karina Silva (PSB), participou na tarde desta quinta-feira (9), por telefone do Programa Cara a Cara Com o Povo da Rádio Interativa FM e negou que tenha sido multada no valor de quase 200 reais por irregularidades durante seu último ano de gestão a frente da prefeitura do município. Silva reconheceu que foram aplicadas algumas multas por falhas técnicas, mas nada relacionado a desvio de dinheiro público ou corrupção.

Segundo socialista na manhã de hoje esteve no Tribunal de Contas dos Municípios e cobrou que o órgão emita nota de retratação corrigindo o equívoco. Ela revelou ainda ter lido todo o relatório e que não visualizou nada a respeito de devolução de R$172.558,67 do próprio bolso, por irregularidades.

A ex-prefeita revelou que suas contas referentes a 2016 foram aprovadas a oposição se aproveitou do erro para fazer estardalhaço nas redes sociais. Ela disse ainda que conseguiu reduzir o índice de pessoal que era de 65,86% (1º quadrimestre) para 56,77% (3º quadrimestre), o que revela que as medidas adotadas pela administração foram satisfatórias.

Na página de Karina Silva no Facebook foi postado a seguinte mensagem.

“Publico a VERDADE!!!!! Faço isso para que os MENTIROSOS de plantão se sintam envergonhados. Se é que isso é possível. CONTAS APROVADAS e por isso tenta necessidade dos urubus, tentarem mais uma vez, denegrir a minha imagem. Lembro ainda que as multas presentes na decisão publicada hoje pelo TCM, cabem recurso. Prestando contas ao povo de Amargosa que merece todo o meu respeito. Sem dúvida para desviar a atenção das graves denúncias encaminhadas hoje ao MP pelos vereadores de oposição.” Finaliza a ex-gestora.

Em visita ao site do TCM, as 13h45min nenhuma nota sobre o caso foi visualizada.