O sequestro de Ramiro Campelo

Ramiro Campelo de Queiroz foi sequestrado em 18 de janeiro.


66 anos, fundador do Grupo Ramiro Campelo que compõe lojas de eletrodomésticos, automotivos e utensílios do campo, o empresário Ramiro Campelo de Queiroz teve seu sequestro noticiado pela mídia no último dia 18 de janeiro. A situação, que foi tratada pela família como desaparecimento, acreditou-se por exigência dos que capturaram o patriarca, deixou a população do município de Valença, há 272km da capital baiana, comovida e mantendo constantes correntes de orações em prol do retorno de Campelo.

Quando sequestrado no interior de sua residência, Ramiro, que faz uso de medicamentos controlados teve suas substâncias levadas consigo e desde então, acredita-se que apenas os filhos e o sobrinho, pessoa de confiança da família, mantiveram contatos com os sequestradores.

Na manhã desta segunda, enquanto todos se centravam na folia momesca, a informação que alegrou a todos surgiu no site IPolitica, que noticiava a libertação após 25 dias, no sudeste do país, em uma das cidades que compõem o estado do Espírito Santo, há 799km do ponto inicial do sequestro.

Polícia

Informações extraoficiais deram conta que, apesar do valor pago em troca da libertação de Ramiro não ter sido oficialmente declarado, teria sido entregue em parcelas.
O delegado José Raimundo, da 5ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), que acompanha o caso disse que “os filhos dele viajaram agora (segunda) pela manhã para ir buscá-lo”, afirmou, complementando que agora só resta a polícia cumprir sua obrigação.

Informação gerou dúvidas

Preocupado com a proteção de Campelo, a família informou que seria mentirosa a notícia de sua localização.
Uma nota, enviada ao blogueiro Washington Pelegrini, pelo sobrinho Antônio André Alves, continha o seguinte conteúdo:

“Bom dia amigos! As informações acerca da libertação de meu Pai que estão circulando na internet, não procedem. Nós, como toda família Valenciana estamos em orações aguardando o desfecho desse caso da melhor forma.
Ramiro Jr. 12-02-2018”.

Não há informações sobre o estado de saúde do recém-libertado, que no final da tarde embarcou em um voo destinado à capital baiana. Via PTNNews