G7 denuncia Prefeitura de Mutuípe no Ministério Público contra supostos atos de improbidade administrativa


O G7, grupo composto pelos vereadores Ademário – ( PPS ), Lek – ( PRB ), Margarida – ( PROS ), Dalva do Hospital – ( PSD ), Gil –( PT ) , Júnior Cardoso –( DEM ) e Indio Josafá – (PDT). Grupo que visa os mesmos propósitos de transformações no Legislativo Municipal, apresentou na manhã desta quinta-feira, (06/12) denúncia junto ao Ministério Público contra supostos atos de Improbidade Administrativa, abuso de poder, burla aos procedimentos licitatórios, burla ao concurso público e nepotismo na Prefeitura de Mutuípe.

Em contato com o Vereador Indio Josafá, o mesmo afirmou que tal denúncia tem por objetivo apurar as supostas praticas de manipulação de procedimento licitatório com o objetivo de favorecer uma empresa em detrimento das demais, contratação de servidores sem concurso público, inclusive parentes do Gestor e de Secretários, favorecimento de grupo politico em eleições municipais e estaduais. Improbidade Administrativa e outras praticas que vão de encontro a constituição Federal.

Também em contato com nossa redação o Vereador Gil do PT, afirmou que a mesma denúncia será encaminhada ao Ministério Publico do Estado, Ministério Público Federal, Tribunal de Contas dos Municípios, Controladoria Geral da União e Policia Federal.

A Vereadora Margarida e os Vereadores Indio Josafá e Gil do PT estiveram pessoalmente protocolando a denúncia que segue com a assinatura dos 7 Vereadores.

Valemaisnoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *