Levada pela chuva em 2014, prefeito anuncia reconstrução de ponte na Zona Rural de Mutuípe


Ponte do Garapa e Piziganga foram levadas pelas chuvas há três anos.

O prefeito de Mutuípe Rodrigo Maicon de Santana Andrade, Digão, PMDB anunciou durante simpósio realizado na câmara de vereadores, nesta quinta-feira (14), onde debateu violência contra a mulher, que a ponte da região do Garapa, na divisa com Valença, será licitada em breve.

Segundo o gestor, a reconstrução da ponte será realizada com recursos próprios e deverá ser licitada em Janeiro de 2018, juntamente com a da Cachoeirinha.

As pontes da Piziganga e Garapa foram levadas, nas chuvas de dezembro de 2014, entre a noite do dia quinze e a madrugada de 16, após fortes chuvas na região, elas foram construídas em concreto, porém as alvenarias nas cabeceiras que deveriam ser realizadas para fixar as pontes, não foram feitas, fixando a laje em barro batido.

Nestes três anos a população tem passado por muitos transtornos, necessitando percorrer diversos quilômetros a mais para chegar a suas casas.

Em novembro de 2015, a equipe do Mídia Bahia visitou as duas localidades na companhia dos vereadores Junior Cardoso (PR), na época presidente do legislativo, Didiu (PSB) e Paulo Argolo (PCdoB) (os dois últimos ex-vereadores), o caso foi abordado na sessão ordinária da câmara na semana seguinte e cobrado pelo portal ao gestor que na ocasião era Luís Carlos Cardoso da Silva, Carlinhos, PT.