Prefeitura de Mutuípe libera transporte gratuito aos sábados para moradores da zona rural


Projeto Passe Livre vai beneficiar moradores e aquecer economia local.

A prefeitura de Mutuípe vai liberar a partir desta sábado (12), transporte gratuito para diversas regiões do município, desde que lançou-se candidato, Rodrigo Maicon de Santana Andrade – Digão (PMDB), recebeu diversas cobranças da população e lançou a proposta em palanque.

Assim que assumiu o mandato de prefeito, atendendo a uma reivindicação do vereador Índio Josafá, viabilizou transporte para região a Moenda, que acabou servindo com teste, para o ‘Projeto Passe Livre’.

Recentemente o vereador Didi Mocó fez indicação na câmara de vereadores e o prefeito decidiu tirar a proposta do papel: “Durante a campanha eleitoral que consagrou a nossa eleição, ouvir várias solicitações do comércio para buscar formas de fortalecer a nossa cidade e dessa forma gerar mais emprego e renda para o povo. O desejo dos comerciantes caminhava lado a lado como o homem do campo que também cobrava por melhorias e qualidade de vida para quem tanto luta e produz pelo nosso município”. Disse o prefeito, “muita gente da zona rural, já não vinha mais fazer as suas compras aqui na sede do município e Mutuípe estava perdendo espaço para cidades vizinhas, e isso vinha tirando o movimento da nossa feira, fazendo com que a renda do município fosse parar em outras cidades e principalmente enfraquecendo o nosso comércio”. Completou Digão.

 

A passagem de ônibus será gratuita, esse sábado atenderemos as seguintes regiões:

  • SERRA DE LIORDINO, CORRÉGO, PAU SECO. Mergulhão
  • CARIRI, MOENDA, CAPIM DE BINO. Joventino
  • CAMPO SECO SENTIDO BOM JESUS. Beto
  • RIO DO BRAÇO SENTIDO CACHOEIRA ALTA-ÁGUA FRIA. Dal
  • PIZINGANGA, MASSARANDUBA. Barrão
  • MUQUIBA SENTIDO DUAS BARRAS DO FOJO. Zé de Mácio
  • ÁGUA VERMELHA SENTIDO CACHOEIRA ALTA. Zé de Simião
  • PÉ DE SERRA I E II, CARIRI DE NEUZA E CARIRI DE ZEZÃO. Tuquinha.

O projeto movimenta a economia local, atraindo os mutuipenses a sede do município, bem como aumenta o poder de comprar do cidadão, que passa a economizar com passagem, muitos moradores de regiões distantes, a cerca de 30, 40km de distância, gastavam cerca de 50 reais com deslocamento. O projeto conta com apoio da CDL e Comércio Local.