Prefeito de Jiquiriçá assina convênio com a Caixa para revitalização da Cachoeira dos Prazeres

Cachoeira dos Prazeres poderá ser desinterditada em 2019.


prefeito de Jiquiriçá, João Fernando Alves Costa, Cascalho do PRP, esteve na Caixa Econômica Federal, assinando o convênio para revitalização da Cachoeira dos Prazeres.

Através do ministério do turismo, serão aplicados no espaço R$ 915 mil, a revitalização contemplará: Arborização – Iluminação do Acesso, Construção de Quiosques e Espaço Educativo, Sanitários  e Portal de Acesso.

Por ordem judicial, a cachoeira foi interdita em fevereiro de 2014, nos últimos quatro anos, diversas medidas foram adotadas para que interdição fosse suspensa, inicialmente a área foi cercada, posteriormente as construções irregulares foram derrubada e todo o entulho retirado da área, por estar em território de outro município (Ubaíra), a Assembleia Legislativa do estado teve que aprovar projeto de lei transferido a área para Jiquiriçá, o que possibilitou buscar os recursos federais para as melhorias solicitadas pelo Ministério Publico.

Manifestações de microempresários e desempregados.

Quando a interdição ocorreu, diversas manifestações foram realizadas, principalmente por quem tinha estabelecimentos e empregos em bares e restaurantes, principais atingindo com a decisão judicial, por duas vezes a rodovia BR-420, foi interditada com queima de pneus, promovida por populares, mas não sensibilizou o MP.

Segundo o promotor de justiça, Dr. Julimar Barreto, o projeto já foi apesentado ao MP e assim que executado a liminar cairá.

Na alta estação a Cachoeira dos Prazeres chegava a receber seis mil turistas o que influenciava diretamente na economia local.

Após a assinatura do convênio a prefeitura deverá abrir licitação para definir a empresa que executará a obra, nesta terça-feira (27), o prefeito dará entrevista para falar sobre a obra e em quanto tempo a população jiquiriçaense poderá visualizar o início das obras.