Vereador Índio Josafá desabafa: “Não temos o direito de seguirmos a cartilha da velha política”


Veja o pronunciamento do Vereador Índio Josafá – PDT na Sessão Solene de Instalação do 2º Período Legislativo, da Câmara Municipal de Mutuípe, na última segunda-feira, dia 07/08/2017:

“Entrego nas mãos de Deus o nosso 2º período legislativo de 2017!

Que possamos trabalhar, com todas as nossas forças, pelo bem do povo de Mutuípe.

Que as nossas diferenças de ideologia e de pensamentos sejam respeitadas e que o bom diálogo nos conduza pelo caminho da tolerância, da ética e da compreensão.

Somos representantes do povo, cumpre-nos, pois, zelar pela mais genuína observância dos compromissos que nos conduziram a este mandato popular e trabalhar muito para honrar a confiança que nos foi depositada pela população de Mutuípe.

Não temos o direito de usarmos os nossos mandatos para o atendimento de corporações, grupos ou partidos, em detrimento do interesse público. Afinal, ao povo pertence o mandato que hoje ocupamos, para o povo e pelo povo devemos trabalhar.

O momento do país requer de cada um de nós uma reflexão madura, responsável e combativa. Não nos cabe outro caminho que não seja o de uma nova prática política, de uma nova atuação parlamentar, baseada numa interlocução direta, democrática e muito mais aberta com a população de Mutuípe.

Estamos diante de um Congresso Nacional que nos envergonha. É triste ver os nossos Deputados Federais e Senadores proporcionarem cenas de um teatro de horrores, sem falar dos Poderes Executivos em todas as esferas, com raríssimas e honrosas exceções, verdadeiras demonstrações do que representa o atual Sistema Político brasileiro: Falido, corrupto e leviano.

Nós que estamos na Base da pirâmide, nós que somos os mais autênticos representantes do povo, pois dentre todos os Poderes Constituídos somos nós que mais próximos estamos da população, não temos o direito de seguirmos a cartilha da velha política.

O que falamos deve ser coerente com o que praticamos. Não podemos entrar no velho jogo de tentar passar a imagem de que somos o que não fazemos. Este, para mim, é o maior divisor de águas na política. O povo sabe quem é quem, afinal aqui todos se conhecem. Todos sabem quem tem palavra e quem não tem, quem honra e quem não honra os seus compromissos.

Nesta casa tenho me empenhado para que os trabalhos aqui desenvolvidos sejam coroados de êxito, com a isenção e a ética que devem nortear os nossos atos como Vereador, no nosso dever legislativo, fiscalizatório e de assessoria do Poder Executivo. Prova disto é a nossa assinatura em todas as matérias apresentadas pelos colegas da oposição. Não estou aqui para ser a palmatória do mundo, tão pouco para defender o que não acredito. Venho com a determinação e a coragem que sempre marcaram a minha vida profissional, mas, sobretudo com muita humildade e o ideal de servir sempre.

Que neste 2º período hoje instalado, possamos usar toda a nossa energia a serviço do Povo e para o bem de Mutuípe”.