Petkovic lembra época no Vitória e revela consumo de álcool e maconha por jogadores


O ex-jogador e atual comentarista Petkovic deu uma declaração polêmica sobre o Vitória nesta terça-feira (13). Durante o programa Seleção Sportv, ao comentar a mudança de postura dos jogadores de hoje em relação aos da época em que chegou ao Brasil, o sérvio fez revelações bombásticas.

O ex-atleta afirmou que companheiros consumiam cerveja e maconha na concentração do Rubro-Negro. Pet ainda revelou que o presidente Paulo Carneiro não pagava salários e justificava que era para os jogadores não comprarem drogas.

“O Brasil começou a se profissionalizar. Quando cheguei em 97, meu Deus. No Vitória eu ficava no meu quarto assistindo VHS, filmes que pegava na locadora, na época, e não sabia o que acontecia lá em baixo. Até que um dia o presidente do Vitória, que é hoje em dia o Paulo (Carneiro), me chamou e disse que eu estava fazendo mal aos meus jogadores. Ele disse: você está dando vale a eles, dando dinheiro para eles, e eles compram maconha, bebem cerveja. Eu respondi: estou ajudando porque você não paga salário nenhum. Ele falou: Não pago porque eles compram maconha, cerveja. Eu achei um absurdo. Depois, o Flávio Tanajura me levou na concentração para ver. Eu só abri a porta e os jogadores estavam deitados, cheio de latas de cerveja e fumaça. Era verdade. Os jogadores não eram profissionais como hoje”, disse.

Galaticosonline