Presidente do Fortaleza exalta postura de Rogério Ceni: ‘Aprendi muito sobre profissionalismo’


Após a conquista do Campeonato Cearense, o Fortaleza se reapresentou no CT Ribamar Bezerra na última quarta-feira com a presença de Rogério Ceni, que encerrou qualquer possibilidade de saída do Atlético-MG. Em entrevista coletiva, o presidente do Tricolor de Aço, Marcelo Paz, exaltou a postura do treinador e explicou o interesse do Galo.

“O que aconteceu é que o Rogério tem contrato com o Fortaleza e veio trabalhar. Se ele recebeu proposta, não chegou até mim. Ele segue focado, sem exaltação”, disse o dirigente, antes de elogiar Ceni. “Rogério é um profissional muito correto. Aprendi muito com ele sobre profissionalismo, conduta. Sabia que se tivesse alguma coisa, iria me procurar. Saiu em programas, e os torcedores ficaram preocupados. Normal, mas em nenhum momento sentamos. Ele teve folga, veio e está dando sequência”, completou.

 

O presidente ainda falo sobre a renovação de Rogério no final do último ano, após o título da Série B. “Ofereci dois anos de contrato e, por mim, ficaria até o fim do meu mandato. Mas ele preferiu só um ano. Respeitamos. A gente só tem a ganhar no dia a dia e com a evolução do trabalho dele”, revelou.

“Na renovação de contrato do Ceni, ele perguntou qual era o foco em 2019, e nós falamos que era permanecer na Série A. Eu disse a ele que seríamos o time que mais ia jogar e que íamos ter que abrir mão de algumas coisas, como jogar com times alternativos”, completou.

O Fortaleza estreia no Campeonato Brasileiro no próximo domingo, quando visita o Palmeiras, ás 19 horas (de Brasília), no Allianz Parque. Para Marcelo Paz, um empate já está de bom tamanho para o Tricolor do Pici.

 

“Jogo contra o Palmeiras vai ser um cartão de visitas na Série A. É um clube com melhor orçamento, tem um estádio espetacular. Eles têm condições de fretar avião. A tabela é difícil? Sempre vai ser. É um duelo de campeões e será a abertura oficial do torneio. Isso nos envaidece e esperamos trazer pelo menos um pontinho de São Paulo”, afirmou.

Gazetapress