Goleiro do Boca terá que ser operado e está fora da Libertadores


A polêmica partida entre Boca Juniors e Cruzeiro, que terminou com a vitória de 2 a 0 a favor dos argentinos, continua dando o que falar. Envolvido no choque com o zagueiro Dedé, que culminou com a expulsão do defensor celeste, o goleiro argentino Esteban Andrada terá que ser operado por conta de lesão no maxilar.

De acordo com o diário Olé, o médico do clube xeneize confirmou a fratura no maxilar inferior do arqueiro argentino. Com a contusão, o jogador será submetido à uma intervenção cirúrgica nesta sexta-feira (21 de setembro). Atualmente, o goleiro está internado e fazendo tratamento com analgésicos.

Com o procedimento, Andrada ficará fora dos gramados até o fim da temporada, perdendo o restante da disputa da Libertadores. Boca e Cruzeiro voltam a se enfrentar no próximo dia 4 de setembro, desta vez no estádio Mineirão. A equipe argentina pode perder por até um gol de diferença que garante vaga na próxima fase. Já os brasileiros precisam de uma vitória por três gols de diferença. Um 2 a 0 a favor para a Raposa leva a disputa para os pênaltis.

Andrada foi contratado pelo Boca Juniors na atual temporada, para entrar na vaga do criticado Agustín Rossi. O goleiro argentino era o titular da campanha vice-campeã do Lanús em 2017, perdendo a final para o Grêmio.

Foxsports