Apresentador da Record é condenado a indenizar Gilmar Mendes por ofensa


O apresentador da TV Record Paulo Henrique Amorim foi condenado a reconhecer que ele ofendeu, em seu blog, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal “Folha de S. Paulo”, o jornalista ainda pode recorrer da decisão que foi tomada pelo ministro Antônio Carlos Ferreira, do Superior Tribunal de Justiça.

 

Gilmar Mendes moveu a ação em 2014, alegando que Amorim o associou ao exército nazista e o retratou como portador de alguma forma de demência.

De acordo com o jornal, o apresentador da Record também foi condenado a pagar uma indenização de R$ 40 mil a Gilmar.

Noticiasaominuro