‘Não tinha paquita negra, me tornei a paquita única’, diz Bombom sobre trabalho com Xuxa


A apresentadora Luciana Gimenez recebeu em seu talk show desta terça-feira (13), na RedeTV!, a carioca Adriana Bombom. Dançarina e repórter do “TV Fama”, ela revelou sua tática para abordar os famosos que não costumam ser simpáticos com a imprensa. “Conheço todo mundo, então a entrada fica mais fácil, o pessoal para e fala [comigo]. Mas têm alguns artistas, não dá para citar os nomes, que fazem ‘o enjoado’. Então, eu já vou logo no elogio e ganho [a atenção deles]”, explica.

Após ter trabalhado como doméstica, babá e em comércio, Bombom iniciou a carreira televisiva como figurante no “Planeta Xuxa”, onde ficou por 10 anos. “O trabalho era puxado, mas era muito satisfatório. Não tinha paquita negra, eram todas loiras. Me tornei a paquita única”, relembrou.

Já sobre o apelido, que viraria nome artístico futuramente, ela nega que tenha sido criado pela Rainha dos Baixinhos e explicpu: “Todo mundo acha que Bombom quem me deu foi a Xuxa, mas não foi. Na loja [em que trabalhei] tinham várias Adrianas e cada uma tinha um apelido”.

Questionada se já sofreu racismo, desabafou: “Quem não? Tudo magoa, a falta de oportunidade, o desmerecimento da sua cor, do seu cabelo, tudo é muito grave. Eu fico triste, mas faço a louca e passa”.

BN