‘Minha mãe me deu cigarro aos 8 anos de idade’, revela Tonico Pereira


Tonico Pereira, 70 anos, foi um dos convidados do Encontro desta quarta-feira (11) e chamou a atenção nas redes sociais ao discordar das pautas do programa. Como de costume, o ator escolheu um figurino bem despojado: usou uma camisa com a sua foto, bermuda e sandália.

Durante o programa, ele quis saber se é certo algumas pessoas chamarem seus cachorros de filhos e polemizou ao dizer que não repetiria a educação que teve da sua mãe com seus filhos, discordando das convidadas Bruna Viola e Maria Joana.

 

“A gente está aí num mundo contemporâneo que não é igual. Minha mãe me acobertava em coisas, me deu cigarro com oito anos de idade. Trocava cigarro por tarefas domésticas. Não é que eu ache isso moralmente mau, mas é a mesma coisa que a pessoa dizer que não se arrepende de nada. Nada mais burro do que não se arrepender de nada”, revelou.

Em outro momento que falou sobre o comportamento de cães e gatos e mostrou como trabalhar as habilidades dos animais, Tonico disse que considera estranho premiar os bichos durante o adestramento. “Não cria uma falta de caráter no cachorro?”, perguntou.”E o adestramento de um tigre e um elefante? Ali torturam…”, completou o ator, que recebeu como resposta que é diferente do adestramentos de bichos de estimação e os animais realmente sofrem bastante com essa prática em circos.

“Eu sou chato, só isso”, disse Tonico.”Não, você tem dúvidas”, respondeu Fátima Bernardes.

No Twitter, muita gente gostou da participação do ator no programa. “Tonico Pereira é figurinha carimbada no ‘Encontro’. Vive divulgando suas camisetas no programa e a Fátima parece gostar dele. Mas hoje ele estava tão cheio de discordância com as pautas do programa (apesar de algumas vezes concordar com ele) que acho que vai demorar pra ele voltar”, escreveu uma internauta.

Folhapress.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *