Sessão de filme sobre Agnaldo Timóteo termina em barraco no Rio


noite de lançamento do documentário ‘Eu, Pecador’, que conta a vida de Agnaldo Timóteo, terminou em confusão no Festival do Rio.

No fim da sessão, um ex-funcionário de Agnaldo, apontado com um dos amores da vida do cantor, não gostou da referência e partiu para cima do músico dentro do cinema Odeon, no Centro do Rio.

 

O homem foi então à casa de Agnaldo, dois dias depois, e com seu advogado exigiu a retirada do trecho em queele é citado.

O diretor do filme falou sobre o caso:

“Convivi durante um ano e meio com o Agnaldo Timóteo e posso dizer o quanto ele é extraordinário e sensível. Não faria nada para magoá-lo e do filme não será retirado nada além de cinco segundos”, explica o diretor Nelson Hoineff.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *