Crise faz ‘Natal de Conquistas’ e ornamentação natalina desaparecer em Mutuípe


O Natal de Conquistas, realizado no primeiro ano de gestão do prefeito Rodrigo Maicon de Santana Andrade – Digão do MDB, desapareceu.

 

2018 ao que tudo indica não foi um dos melhores para a gestão da prefeitura de Mutuípe, 2017, o primeiro ano do grupo a frente da prefeitura, foi marcado por maiores conquistas, realizou-se São João, Cavalgada em 7 de setembro, Emancipação Política em 12 de Outubro e Natal de Conquista em dezembro, de festas tradicionais somente não foi resgatado o ‘Baba do Vinho’ na Semana Santa.

 

Neste ano, a prefeitura sentiu os efeitos da crise financeira que assola os municípios brasileiros e perdeu o controle, no pagamento de fornecedores e prestadores de serviços. O Natal de Conquistas simplesmente desapareceu e até a ornamentação da cidade não aconteceu, ficando as luzes natalinas restritas somente a frente da prefeitura.

 

O São João 2018 pareceu ser menor que o passado, já festa de emancipação política, cresceu, sendo possível realização de dois dias de micareta. A fanfarra chegou a ser lançada, mas logo em seguida foi colocada na geladeira devido à falta de dinheiro para dar seguimento ao projeto, o que mostra a falta de planejamentos da gestão, o governo de Digão termina o ano muito parecido com os últimos do ex-gestor.

 

O campeonato de bairros, principal diversão dos mutuipenses no estádio municipal Pedro Alves da Silva, resgatado em 2017, também desapareceu neste ano, sendo substituído pela rápida e ofuscada Copa Natalina.