Fiscalização por radar móvel é suspensa por Bolsonaro

Presidente argumenta a industria da multa.


Como anunciado, o presidente Jair Bolsonaro do PSL suspendeu a fiscalização de limites de velocidade através de radares móveis. A medida foi publicada nesta quinta-feira (15), na edição do Diário Oficial.

Segundo a decisão e medida se dá por: “desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”. 

A suspensão ocorrerá até o ministério da infraestrutura, reavalie a regulamentação da fiscalização eletrônica no país.

A decisão do presidente impede a Polícia Rodoviária Federal de usar radares estáticos, móveis e portáteis. Excesso de velocidade é a imprudência mais cometida no Brasil.

Especialistas criticam as decisões do capitão no sentido de flexibilizar as punições para imprudências no trânsito.