Em evento no Piauí, Bolsonaro promete ‘varrer essa turma vermelha’ do Brasil


Presente na inauguração da escola que leva seu nome em Parnaíba (PI), o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre tirar a ameaça comunista do país e prometeu “varrer a turma vermelha do país” na próxima eleição. A declaração foi dada na manhã de hoje (14). No evento, Bolsonaro estava ao lado do prefeito Francisco de Moraes Souza, o Mão Santa (MDB). As informações são do UOL.

“Nas próximas eleições, vamos varrer essa turma vermelha no Brasil. Já que a Venezuela está bom, vamos mandar para lá. Quem quiser ir mais para o Norte, vai para Cuba. Estou aqui por um Milagre de Deus, que me deu a vida em um segundo momento. Agora estou aqui pelas mãos de muitos de vocês e pela confiança desse mandato presidencial. Estamos mostrando que o Brasil vai dar certo, tem tudo para dar certo e vai dar certo”, disse.

Durante o discurso, Bolsonaro fez elogios a Mão Santa, que teve o mandato como governador cassado em 2001 por acusações de corrupção, e ainda disse que os governadores que querem “separar o Nordeste do Brasil” estão “no caminho errado”. “O caminho do Brasil é só um povo, uma só raça e uma só bandeira verde e amarela. O Mão Santa disse que vamos acabar com o cocô no Brasil, com essa raça de corrupto e comunista”, afirmou o presidente.

Durante o discurso, Bolsonaro também voltou a prometer a ampliação do porte de armas no país, indo contra o posicionamento do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que defendeu amenizar o projeto. “O Brasil tem sua vocação, cultura, tradição judaico-cristã, é um povo que ama liberdade e o que esse povo de esquerda sempre quis foi roubar nossa liberdade. Por isso eu defendo a posse de arma de fogo. O povo armado jamais será subjugado”, disse.

Metro1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *