Dilma diz que desejava ter feito reforma diferente, mas tinha proposta semelhante a de Temer, quando sofreu impeachment


A ex-presidente Dilma Rousseff (PT), disse em entrevista a Folha de São Paulo que desejava fazer uma reforma de previdência diferente da apresentada por Jairo Bolsonaro do PSL.

“Gostaríamos de ter feito uma reforma bem diferente dessa até porque achávamos que tínhamos que manter vários direitos adquiridos, mas também que era necessário, na medida em que nós mesmos fomos responsáveis pelo aumento da expectativa de vida no país”, disse Dilma.

Porém, de acordo com matéria publicada pelo site Varela Noticias em 21 de março de 2017, a proposta apresentada por Michel Temer, e bastante criticada pela esquerda, era muito semelhante a que seria apresentada pela petista se não foi deposta do cargo. Entre os principais pontos em comum estavam justamente os mais polêmicos: idade mínima para a aposentadoria, mudança de regra para trabalhadores rurais e pensão por morte.

No inicio de 2016 a mandatária do país tentava convencer aliados e congresso nacional da necessidade de aprovar a reforma. A informação foi publicada pelo Congressoemfoco.

 “Vamos ter que encarar a reforma da Previdência. Não é possível que a idade média de aposentadoria no Brasil seja 55 anos. Para a mulher, um pouco menos. Não é possível por uma questão quantitativa. Vai ter menos gente trabalhando no futuro para sustentar mais gente sem trabalhar”. Disse Dilma na época.