Ministério Público solicita remoção de vídeos de “Desafio da Momo”


Reprodução.

O Desafio da Momo entrou no radar do Ministério Público do estado da Bahia, o Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos (Nucciber), vai investigar a ocorrência do jogo suicida, em vídeos infantis.

O Desafios da Momo se popularizou nas redes sociais e tem como plataforma de explicação o YouTube.

O MP-BA solicitou a remoção dos vídeos ao Google, responsável pelo YouTube e Facebook, detentor do WhatsApp.

Leia também

Na semana anterior descobriu-se que o algorítimo utilizado pela plataforma de vídeos tem sido burlado e até ajudado a propagar os vídeos de forma involuntária.

Os vídeos onde a Momo aparece também tem assustando crianças, fazendo com que pais procurem ajuda psicológica para filhos, após terem dificuldade para dormir.

Em nota o YouTube declarou: ”não recebemos nenhuma evidência recente de vídeos mostrando ou promovendo o desafio Momo no YouTube Kids”, e segue: “Conteúdo desse tipo violaria nossas políticas e seria removido imediatamente. Também oferecemos a todos os usuários formas de denunciar conteúdo, tanto no YouTube Kids como no YouTube. O uso da plataforma por menores de 13 anos deve sempre ser feito pelo YouTube Kids” finaliza a rede social.