Consumir álcool antes das refeições aumenta o apetite, revela estudo


É fato: só bater ponto na academia durante a semana não garante a sua vitória contra a balança. Não que o esforço seja em vão – longe disso! Suar o top traz resultados, mas o problema é que, muitas vezes, as curvas desenhadas demoram demais a aparecer. Então, quem poderia ser o culpado por trás dos quilinhos extras? Os bons drinks!

De acordo com um estudo recente, o consumo de álcool deixa o cérebro mais sensível à aromas e alimentos, o que resulta no aumento da ingestão calórica. Isso significa que apostar em bebidas antes do jantar pode estar afetando a tão sonhada barriga definida. “O efeito aperitivo” ou maior consumo de alimentos depois de beber, já era um fenômeno conhecido, mas até o momento, não havia um consenso sobre o que realmente faz com que você coma mais e como o álcool tem esse poder”, diz William JA Eiler II, principal autor do estudo. Os resultados revelam que o álcool pode fazer com que os aromas dos alimentos fiquem mais atraentes. Como a comida fica com um cheiro melhor, o corpo se sente obrigado a comer mais.

Na pesquisa, realizada com 35 mulheres saudáveis, um grupo recebeu pequenas doses do álcool por vias intravenosas e, o outro, não. O objetivo do teste era identificar a função do cérebro com o consumo de álcool, excluindo qualquer interferência no estômago.

O estudo indicou que os participantes comeram mais quando receberam o álcool. Se você está de olho nas calorias, se preocupe com duas coisas: a quantidade de álcool que você vai ingerir e os tipos de bebida. Por exemplo, se a sua cerveja favorita tem muitas calorias, a sua vontade de comer pode ser agravada pelo efeito aperitivo.

Com isso, você aumenta a sua ingestão calórica por beber e, provavelmente, essas calorias serão elevadas com a refeição. Um truque de ouro: nessas ocasiões, diminua o tamanho das porções ou faça escolhas mais saudáveis.

Boa Forma