“Convite do governador é uma coisa que não se recusa”, diz Pelegrino sobre possibilidade de assumir secretaria


O deputado federal Nelson Pelegrino (PT) não descartou assumir uma secretaria no governo Rui Costa (PT), caso seja convidado pelo chefe do Executivo estadual. Nos bastidores, especula-se que o petista queira retornar à pasta de Turismo. Seu nome também já foi ventilado para a Secretaria de Justiça.

“Convite do governador é uma coisa que não se recusa. Se o governador quiser me colocar para qualquer missão estou disposto”, disse na manhã desta quinta-feira (10), durante inauguração de uma obra de contenção de encosta no bairro de Praia Grande. “Mas não fui sondado. A minha disposição é ajudar o governador em Brasília, trazendo recursos, emendas, defendendo os interesses da Bahia. Temos que organizar a oposição ao governo Bolsonaro. Não vamos aceitar que a Bahia seja discriminada”, acrescentou.

Questionado sobre a disputa pela presidência da Câmara dos Deputados, Pelegrino criticou o acordo do atual presidente e candidato à reeleição, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com o PSL. Segundo ele, isso dificulta a possibilidade de diálogo com o PT.

“Rodrigo Maia fez um movimento que deixou a esquerda desconfortável. Porque uma coisa é ele se apresentar como candidato da Casa, e aí poderia haver um diálogo nesse sentido. Mas a partir do momento em que ele fez essa movimentação em direção ao PSL, entregando duas comissões estratégicas, a CCJ e Finanças e Tributação, e os principais cargos da Mesa – o PT é a maior bancada. Rodrigo empurra a oposição e a esquerda para construir uma alternativa”, pontuou.

Bnews