Neto diz que ‘coisas estão caminhando’ para DEM apoiar Bolsonaro


O presidente nacional do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto, admitiu, em conversa com a imprensa, nesta quarta-feira (12), em Brasília (DF), que tem “satisfação” por ter correligionários no primeiro escalão do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), no entanto, ainda não confirmou o apoio da legenda ao capitão reformado. As informações são do G1.

Depois de reunião com o futuro mandatário, Neto disse que “as coisas estão caminhando” para o partido integrar oficialmente a base de apoio do futuro governo no Congresso Nacional.

ACM Neto e as bancadas do DEM estiveram com Bolsonaro no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição. Um dos principais líderes do DEM, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, não participou da reunião.

Ao final do encontro, o prefeito disse a jornalistas que convocará a executiva nacional do partido para definir “um eventual apoio formal e uma condição de integrar a base do governo”.

Neto atribuiu as escolhas dos três integrantes do partido para o primeiro escalão a indicações pessoais de Bolsonaro e não partidárias. “Nós não podemos esconder que o partido tem satisfação pelo fato de ter três de seus membros integrados ao primeiro escalão. Nós não indicamos, foi uma escolha do presidente, mas são ministros altamente qualificados. Isso também gera um ambiente muito positivo com o Democratas”, disse o prefeito.

Na eleição deste ano, o DEM apoiou a candidatura à presidência de Geraldo Alckmin. Com a derrota do tucano no primeiro turno, a direção do DEM liberou os filiados no segundo turno. ACM Neto, contudo, declarou apoio pessoal a Bolsonaro na disputa contra o petista Fernando Haddad.

Bahia.ba