Preso, Lula não teve ‘púlpito vazio’ solicitado pelo PT à Band


A Band não atendeu ao pedido do PT de manter um “púlpito vazio” com o nome do ex-presidente Lula no cenário do primeiro debate na corrida ao Palácio do Planalto, nesta quinta-feira (9), conforme havia solicitado o PT após a juíza Bianca Arenhart, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região negar a presença do petista ao evento.

Preso na Polícia Federal, em Curitiba, Lula foi lembrado poucas vezes pelos participantes, mas ganhou destaque do candidato Guilherme Boulos em sua apresentação, na abertura do programa.

“Boa noite ao ex-presidente Lula, que deveria estar aqui mas está preso em Curitiba, enquanto Temer está solto”, provocou.

Em outro momento, durante o confronto entre o psolista e o ex-ministro Henrique Meirelles (MDB), chamado de candidato de Michel Temer pelo esquerdista, Lula voltou a ser citado.

Meirelles fez questão de lembrar a Boulos que foi convidado pelo ex-presidnete petista para presidir o Banco Central, o que lhe qualificaria como candidato do Brasil e não apenas do atual Presidente da República.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *