Apesar do convite da Fifa, meninos resgatados na Tailândia não poderão assistir final da Copa


Após mais de duas semanas presos numa caverna na Tailândia, os doze meninos do time Javali Selvagens e mais o treinador foram resgatados com vida nesta terça-feira (10).

A Fifa emitiu um convite para o grupo para assistir a final da Copa do Mundo no próximo domingo (15), em Moscou, porém o grupo não poderá viajar por questões médicas.

A entidade máxima do futebol emitiu uma nota oficial celebrando o resgate e prometendo uma homenagem aos meninos assim que possível.

“A Fifa gostaria de expressar sua felicidade com as notícias do resgate dos 12 jovens jogadores e de seu técnico. Queremos deixar nossa profunda gratidão a todos envolvidos nesta operação, que infelizmente tirou a vida de dos mergulhadores. Nossos sentimentos estão com a sua família. Nós fomos informados pela Associação de Futebol da Tailândia que devido a questões médicas, os meninos não estarão em posição de viajar para Moscou para a final da Copa do Mundo da Fifa. A prioridade da Fifa permanece no bem estar de todos envolvidos e nós vamos procurar uma nova oportunidade de convidar os garotos para um evento da Fifa para compartilhar um momento de comunhão e celebração”.