Delegada de Mutuípe diz que últimas mortes na cidade estão relacionadas

Delegada disse que inquéritos foram abertos e que suspeitos estão sendo monitorados.


Foto: montagem – reprodução: rede social.

A delegada de Polícia Civil de Mutuípe, Dr. Corina Lopez de Oliveira, esteve nesta quinta-feira (24), na emissora de rádio da cidade, participando do programa de jornalismo ao meio dia, segundo ela, as últimas mortes registradas no município e as tentativa de homicídio, com exceção do caso Kêda, estão relacionadas.

Lopez correlacionou as mortes de Marcos Adriano Nascimento dos Santos, 18 anos, conhecido como Marquinhos, Lázaro de Jesus Santos, conhecido por Lázaro, 24 anos, e Erik dos Santos da Silva, 16 anos. A tentativa de homicídio do jovem identificado como Besouro também tem relação. Ainda com relação a esses casos ela citou as prisões de Adauto e Jiló

Segundo a delegada, as mortes estão relacionadas a rixa e trafico de drogas e todas estão sendo investigadas algumas com inquéritos avançados.

A identidade do acusado de atirar em Besouro também foi revelada, sendo Bruno de Jesus Santos, primo de Lázaro, ele teria deixado os documentos cair após a tentativa de homicídio e foi apontado pela vítima em depoimento no Hospital Clélia Chaves Rebouças.