Acabar com estrias é possível? Em vídeo, especialista tira dúvidas

Especialistas afirmam que o melhor remédio para estrias é a prevenção. Estiramento repentino da pele é a causa do problema.


Foto: Fatosdesconhecidos

Toda mulher que tem, se pergunta: como acabar com estrias? O problema atinge também homens, e gera um incomodo muito grande. Geralmente as estrias atingem nádegas, seios, quadril e até mesmo os braços.

As estrias são cicatrizes causadas pela destruição das fibras elásticas e colágenas na pele, normalmente provocadas por um estiramento de pele. Nas mulheres é comum que apareça durante a gravidez, e acabam relacionadas ao aumento de peso, logo quando surgem elas tem uma coloração intensa, mas com o passar do tempo tendem a ficar claras.

Estrias não causam risco a saúde, a necessidade de amenização é mais por questões estéticas. Porém não é tão fácil eliminá-las.

Como tratar as estrias.

Na sua fase vascular, quando se encontram avermelhadas, as estrias podem ser facilmente combatidas com laser para secar os vasos sanguíneos de modo a impedir o aumento da sua dimensão, após o que se utilizam peelings ou a dermabrasão. Contudo, já estabilizadas e transformadas em verdadeiras cicatrizes, as estrias serão mais complicadas de tratar, requerendo processos mais complexos e penosos de tratamento.

A prevenção é melhor tratamento para o problema, é importante manter a pele hidratada, portanto use sempre hidratante, roupas apertadas contribuem para o aparecimento, sendo necessário praticar exercícios físicos e evitar oscilações de peso, isso impede o rompimento de vasos, e consequentemente o aparecimento das indesejáveis estrias.

A boa circulação sanguínea é fundamental, a ingestão de frutas vermelhas ajuda a combater as estrias, uma boa pedida é o morango.

O azeite de oliva, óleo de avelã ou de soja são ricos em vitamina E, e é eficaz para todo tipo de afecções dérmicas, já que fortalece e torna a pele mais saudável.

LEIA TAMBÉM: Estrias, veja causas e tratamento

A utilização de raios infravermelho, também é uma forma de tratamento. A penetração da luz infravermelha produz um aumento da temperatura na derme, que pode chegar a 65°C, isso causa a desagregação do colágeno, que serve de estímulo à produção do novo colágeno. A pele é remodelada e com isso a aparência da estria muda.

Existem diversos cremes que também amenizam as cicatrizes.

Maria Cândida da TV Aparecida, conversa com a dermatologista Dr.ª Patrícia Cobianchi para falar sobre celulites e estrias, confira!