SSP diz que liderado de Prisco foi baleado pela PM após atacar ônibus


A Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) afirmou na noite desta quinta-feira (10) que quatro policiais militares autores de ataques terroristas e ligados ao movimento que busca implantar uma greve comandado pela Associação dos Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra) – liderada pelo deputado estadual Soldado Prisco (PSC) – foram interceptados, após atacarem dois ônibus. O caso aconteceu na Avenida Suburbana, na região do bairro de Itacaranha.

“Equipes da Operação Gemeos patrulhavam na área quando ouviram disparos de arma de fogo. As guarnições flagraram dois carros em tentativa de fuga, depois de atravessarem coletivos na pista. Durante aproximação e voz de prisão o quarteto de vândalos atirou nos PMs da Gemeos. Houve confronto e o policial militar Anselmo Souza dos Prazeres, lotado na 18ª CIPM (Periperi) e ligado à Aspra, acabou ferido. Ele foi socorrido para o Hospital do Subúrbio onde está custodiado”, diz a pasta, em nota. Bahia.Ba