‘Se Rui Costa me chamar, eu vou’, diz ACM Neto sobre reunião para discutir ponte


O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse, nesta sexta-feira (20), que está aberto para dialogar com o governador Rui Costa (PT) sobre os projetos do governo que impactam na capital baiana. Segundo o democrata, ele aguarda um convite para tratar da ponte Salvador-Itaparica, rodoviária e do VLT. 

“Sabe aquela música, se me chamar, eu vou? Quando o governo me chamar, eu vou. Não tem dificuldade nenhuma em conversar. Nós estamos abertos ao diálogo seja sobre o projeto da ponte, do VLT, da rodoviária, sobre qualquer projeto, nós estamos abertos. Queremos que a cidade sempre tenha, cada vez, mais investimento”, declarou o prefeito, em entrevista à imprensa.

Neto disse ainda que a ponte “não pode ser licitada sem antes discutir todos os detalhes”, pois, causa “impacto sobre a cidade”. Nesta quinta-feira (19), o governador disse que não quer polemizar sobre a questão da ponte. “Não tem polêmica nenhuma. A ponte é um grande projeto. Me enviaram um jornal de 1913 onde falava sobre ‘quando o governo mandará construir a ponte no Mar Grande’. Era assim o título da matéria. Ou seja, há 106 anos que há uma demanda, um desejo de Salvador de se encontrar através do mar e se unir com o Recôncavo, com o Baixo Sul. É um sonho e todos baianos e baianas que comemoram esse passo importante ao desenvolvimento, à geração de emprego e à integração de regiões do nosso estado. Não há polêmica alguma”, afirmou.

BN