‘Trabalho contra a corrupção não vai ser o mesmo’, lamenta Dallagnol


Coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, o procurador da República Deltan Dallagnol tem lamentado as recentes decisões do STF e da PGR contra a operação.

“Nunca houve tanta pressão sobre a Lava Jato como nesta semana”, afirmou, segundo o Uol, no sábado (16). “O trabalho contra a corrupção política não vai mais ser o mesmo. Precisamos reconhecer que muito saiu de nosso controle. Abriu-se um risco de nulidade dos processos que cria um imponderável sobre o futuro das ações”, complementou.

“Voltamos à era pré-Lava Jato. A energia que poderíamos gastar com investigações teremos que gastar respondendo os pedidos de nulidade.”

Noticiasaominuto