Advogado teria matado mulher em Itatim por não aceitar fim do relacionamento


Arquivo pessoal

O crime que chocou a pequena cidade de Itatim na tarde desta quinta-feira (7), começa a ser explicado pelas autoridades policiais, segundo a Polícia Miliar, Calliane Fraga, 31 anos, tentava se separar do advogado, Daniel Macedo, 38 anos, mas ele não aceitava o fim do relacionamento.

Celile foi morta a tiros pelo marido Daniel, os corpos foram encontrados na garagem da casa onde moravam, a arma do crime também foi localizada. Veja mais aqui.

O casal tinha uma filha de três anos.

Fruto de outro relacionamento Celine deixa um menino de 11 anos. As crianças não estavam em casa no momento do crime.

Os corpos foram enviados aos Instituto Médico Legal de Itaberaba.