Casos da Síndrome de Guillain-Barré cresceram cerca de 320% neste ano


O número de casos registrados da Síndrome de Guillain-Barré está ampliando ferozmente durante este ano.

Enquanto que em 2017 a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou apenas 10 casos, até agosto deste ano já foram 42 pessoas diagnosticadas com a doença. Um salto de cerca de 320%.

A epidemia tem com o principal causa a proliferação do zika vírus e também passou a ser mais conhecida entre os baianos a partir de 2015, quando começaram os surtos da doença.

Doença – A síndrome pode apresentar diferentes graus de manifestação, apresentando desde leve fraqueza muscular em alguns pacientes ao quadro raro de paralisia total dos quatro membros.

Bahia.ba