Mourão quer Bolsonaro ‘quietinho’ e insiste em substituí-lo em debates


O general Hamilton Mourão (PRTB), vice de Jair Bolsonaro (PSL), insiste em substituir o candidato à Presidência da República nos debates televisivos, alegando que a nova cirurgia ao qual o capitão foi submetido, na noite de quinta (12), aumenta o prazo do retorno dele à campanha eleitoral.

Em entrevista ao blog da jornalista Andréia Sadi, do G1, Mourão disse que Bolsonaro precisa de repouso e que vai propor ao capitão substituí-lo nos debates.

“Ele tem que ficar quietinho, tava muito oba oba. Teve uma alimentação prematura, precisa se recuperar, e aumenta o prazo de retorno”, afirmou o vice da chapa, que deve visitar Bolsonaro na próxima segunda-feira, quando estará em São Paulo.

“É uma linha de ação reserva. Comandante sem plano reserva não é comandante. Ou, nos termos civis, é uma carta na manga, uma forma de manter a campanha na televisão, se Bolsonaro quiser e o TSE autorizar”, disse Mourão.

Em tempo, vale ressaltar que a lei eleitoral não prevê substituições de candidatos por vices em debates. Para isso acontecer, o TSE teria de autorizar.

Noticiasaominuto