Homem é condenado a 19 anos de prisão por feminicídio em Casa Nova

Bahia tem um crescente índice de crimes contra a mulher.


O trabalhador rural Jesus Orlando dos Santos, 32, conhecido com “Bau”, foi condenado na última quinta-feira (24), a 19 anos de prisão em regime fechado por matar a golpes de facão a ex-companheira Letícia Ferreira do Rosário.

 

O Tribunal do Júri, realizado em Casa Nova, acatou a denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e considerou Jesus Orlando culpado pelo crime de feminicídio, praticado por motivo fútil.

 

A sentença foi proferida pelo juiz Vanderley Andrade de Lacerda. O crime foi cometido no dia 16 de setembro de 2016, no povoado de Bem Bom, no município de Casa Nova. Segundo a denúncia do MP, o condenado Jesus Orlando não aceitava a separação do casal e já teria ameaçado Letícia Ferreira, com frases como “se não ficar comigo, não vai ficar com ninguém”.

 

No dia do crime, ele invadiu a casa da vítima pela janela e a golpeou na porta do quarto dela. (BN)