S.A. de Jesus: ‘Jovem teria sido executado’, afirma coordenador da 4ª COORPIN


Após em entrevista coletiva, o delegado titular da 4ª COORPIN em Santo Antonio de Jesus, Dr. Orlando Corsino, pontuou que mas inicialmente, o caso está sendo conduzido como um latrocínio, que seria o roubo seguido de morte, porém o Comandante da 4ª COORPIN, Dr. Edilson Magalhães, afirmou em entrevista a Rádio Andaiá que essa linha de investigação já foi descartada.

 

Segundo o mesmo, o jovem Jonas foi executado. “Inicialmente a polícia civil começou a investigar e nós achamos que era latrocínio, foi divulgada essa morte como latrocínio, mas as nossas investigações aqui através do delegado de polícia, e do nosso SI (Serviço de Inteligência), até o momento, mudou-se o rumo da investigação e já temos indícios suficientes para afirmar que não trata-se de latrocínio; Ele foi perseguido por um carro e antes de descer da sua moto, tivemos a informação que antes dele descer o tripé, foi chamado o nome dele ‘Jonas, Jonas ‘ e foram efetuados 5 disparos de arma de fogo, três disparos pegaram nele”, disse.

Segundo o Comandante há duas linhas possíveis para elucidar a morte do jovem, mas que não serão divulgadas no momento para não atrapalhar as investigações, porém o mesmo afirmou que todos os indícios levam a confirmação de que foi mesmo uma execução. “Foi uma execução, pela forma que foi feita, e por umas imagens que a agente já tem, algumas provas que a gente já foram  coletadas pela perícia”, afirmou. Voz da Bahia.