Jovem santoantoniense é vítima de cibercrime, “postaram minhas fotos junto com um vídeo pornográfico, mas não sou eu”

Jovem tem sido vítima de boatos na cidade e corre risco de perder o emprego.


Uma jovem de Santo Antonio de Jesus está sendo alvo de chacota e boatos, após compartilharem suas fotos nas mídias sociais junto com um vídeo pornográfico, onde afirmam ser a mesma pessoa.

 

Em entrevista com o radialista Sidney Silva, a jovem conhecida como Tainá de Jesus, afirmou que percebeu nesta quarta-feira (21) que as imagens estão sendo compartilhadas e desde então, corre risco de perder o emprego devido ao julgamento dos internautas.

 

Segundo a vítima que afirma não ser a pessoa no vídeo, já desconfia quem é o culpado, “pegaram as fotos do perfil do meu Facebook e fizeram uma montagem e colocaram em baixo de um vídeo de uma mulher praticando atos sexuais. Minhas fotos estão até com o fardamento de trabalho e viralizou. Todos agora ficam me xingando e fazendo piada, estou correndo o risco de perder o emprego por causa disto, sendo que não sou eu no vídeo. Todos me acusam, mas esse vídeo foi postado na internet em 2017, é antigo, mas mesmo assim todos dizem que sou eu. Minha consciência está limpa e eu já prestei queixa na delegacia, querendo o não minha reputação está sendo manchada. Esses vídeos estão em grupos de Whatsapp, mas as pessoas me procuram em todas as redes sociais para me questionar. Algumas pessoas chamaram até meu pai e minha família para falar sobre isso, eles estão em choque, mas graças a Deus eu estou tendo o apoio deles, pois sabem que não sou eu. Eu fiquei sabendo ontem e desconfio quem fez”, declarou.

Emocionada, a vítima de cibercrime crime afirmou que sua a família e namorado estão sendo alvos de chacota, “Eu peço as pessoas que procurem ver o vídeo primeiro antes de vir me acusar ou antes de procurar meus familiares para ficar fazendo chacota deles.

 

O pessoal da delegacia mandou eu fazer copias das fotos e levarem para eles investigarem, juntamente com duas copias do vídeo pornográfico em DVD”, concluiu. Voz da Bahia.