Desaparecimento de Ramiro Campelo já passa de três dias

Ramiro foi prefeito de Valença entre 2000 e 2004, e retorno a poder em 2008, empresário também é fundador das Lojas Guaibim.


A angustia da família Campelo entrou pelo terceiro dia neste domingo (21), o desaparecimento do empresário Ramiro Campelo de Queiroz, já passa de 72h.

Tio Ramiro como é conhecido na cidade de Valença, foi sequestrado na quinta-feira (18) e até o momento poucas informações foram passadas para a imprensa em relação as negociações pelo resgate. Inicialmente a polícia preferiu negar que um sequestro tivesse acontecido, mas horas depois fontes ligadas a família revelaram que os sequestradores permitiram que o empresário levasse medicamentos de uso contínuo.

Informações de que o resgate teria sido pedido também foram divulgas, mas até o momento não foram confirmadas pela família, nem o valor pedido.

O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado, na capital baiana, investiga o desaparecimento.

Neste sábado (20) a empresa D. Solange Queiroz através do WhatsApp pediu orações.