Sonecas durante a gravidez podem contribuir para o peso ideal do bebê

Um estudo mostrou que sonecas durante a gravidez podem reduzir as chances do bebê nascer abaixo do peso. A pesquisa foi publicada na revista científica “Sleep Medicine Journal”. Para a conclusão, os cientistas entrevistaram mais de 10 mil mulheres de 15 a 50 anos sobre seus hábitos de sono ao decorrer da gestação. Os dados … Leia Mais


Instagram lança ‘TV’ e passa a permitir vídeos longos

O Instagram anunciou nesta quarta-feira (20) uma nova extensão que permitirá ao usuário assistir vídeos longos -atualmente, a rede só comporta vídeos de até 1 minutos. O IGTV (algo como Instagram TV, já que IG é a sigla para Instagram) terá canais, com conteúdo produzido por celebridades da internet e artistas. A ação visa concorrer … Leia Mais



Anvisa deve realizar consulta pública sobre uso medicinal de maconha

O diretor-geral da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Jarbas Barbosa, quer que a possibilidade de uso medicinal de maconha seja avaliada pela população. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Barbosa deve apresentar a proposta de consulta pública na próxima reunião da diretoria colegiada. Apesar da relatoria de Renato Porto, … Leia Mais


Obesidade atinge um em cada cinco adultos no Brasil

A epidemia de obesidade no Brasil começa a dar sinais de estagnação. Dados inéditos do Ministério da Saúde obtidos pelo jornal “O Estado de S. Paulo” mostram que a explosão de casos assistida na última década perdeu ritmo nos dois últimos anos. “Os indicadores apontam para uma tendência de estabilização entre a população das capitais”, afirma … Leia Mais


Camisinhas que homenageiam seleções serão distribuídas na Copa


50 camisinhas de sabor serão distribuídas em bares de São Paulo durante a Copa do Mundo pela campanha Proteja seu Jogador Número 1, iniciativa da ONG Aids Healthcare Foundation (AHF) no Brasil e do Instituto Cultural Barong.

Os preservativos com gosto de caipirinha, melão e café vão homenagear o Brasil, enquanto as camisinhas com sabor de uva e espumante homenagearão Chile, Argentina, Uruguai, Espanha e Portugal.

A Suiça será representada pelo chocolate e a Rússia pelo aroma “ice”. Serão distribuídos ainda 2.000 chaveiros porta-preservativos.


Mutuípe bate a meta de vacinação da campanha contra a gripe


A campanha pela vacinação contra o vírus Influenza no município de Mutuipe ultrapassou a meta estipulada no começo da organização. Os grupos prioritários para imunização, foram alcançados em mais de 90%. Número significativo tendo em vista que muitos municípios não conseguiram bater a meta.

Para o secretário de saúde a vacinação é a estratégia mais importante para evitar novos surtos dessa doença.

O prefeito Rodrigo Maicon parabenizou todos os profissionais de saúde que trabalharam durante toda a campanha para obter esse sucesso, e também agradeceu a população que compreendeu a importância da prevenção fazendo toda a diferença.


McDonald’s e Burger King: ex-funcionários dizem o que jamais comer


Não é nenhuma novidade, inclusive através de várias pesquisa, documentários sobre ‘junk food’ e estudos, que alguns alimentos vendidos nos ‘fast foods’ são repletos de gordura, muito sal e outros acidulantes, corantes e conservantes.

Uma pergunta postada no ‘Reddit’ por um usuário do site pediu que os trabalhadores de restaurantes como McDonald’s e Burger King revelassem o que nunca comer nesses lugares.

 

Alguns funcionários dessas lanchonetes resolveram dar os próprios depoimentos do que jamais deveríamos comer nestes locais. E aí, preparado para saber?

Em um dos depoimentos partiu de um homem que, quando jovem, trabalhou no Burger King. Ele contou como era tratado o óleo para frituras no local. Segundo as informações repassadas, na rede havia quatro locais para colocar o óleo para fritar batatas fritas, que eram toneladas diariamente.

Quando óleo estava escuro demais para as batatas, eles colocavam o mesmo para fritar frango, pois era mais escuro e assim estava tudo bem.

Passava uma semana, depois de muitas frituras em quantidades enormes, onde o óleo encontrava-se mais escuro do que óleo de motor. E aí os responsáveis mudavam novamente o óleo, desta vez para filetes de peixe, que era o único que podia ser cozinhado ali quando o óleo já tinha sido muito reutilizado.

Outros depoimentos falam dos doces do McDonald’s, que contêm uma quantidade monstruosa de açúcar ou do “Steak and Shake”, cujo item chamado “Wisconsin Butter Burger” tem um quarto de uma barra de manteiga.

Em outro comentário, o usuário diz que “os gestores responsáveis pela formação dos empregados não têm a mínima ideia do que estão fazendo. Todas as bebidas do McCafé passam por uma máquina horrivelmente suja”, disse o usuário de nome ‘Envirometh’.

Noticiasaominuto


Saiba por que é difícil resistir à combinação de gorduras e carboidratos


Você acha difícil resistir a um sanduíche com batata frita ou qualquer outra opção de refeição que contenha a combinação de gordura e carboidrato? Saiba que essa dificuldade não é uma questão de força de vontade, mas um mecanismo evolutivo. De acordo com um estudo publicado na quinta-feira, no periódico científico Cell Metabolism, o cérebro humano tem predisposição a desejar alimentos que combinam muitos carboidratos e gorduras. Segundo o Medical Daily, a pesquisa revelou que o sistema de recompensas do cérebro – responsável pela liberação de dopamina, também conhecido como hormônio do prazer – é ativado assim que imagens de refeições com essa combinação entram no nosso campo de visão. Essa ativação foi maior em comparação com a que foi provocada por alimentos que continham apenas gorduras ou carboidratos.

Calorias irresistíveis

No estudo, pesquisadores da Universidade Yale, uma das mais famosas e renomadas universidades dos Estados Unidos, analisaram os processos biológicos que definem o valor que o cérebro dá aos alimentos no intuito de tomar decisões adaptativas. Para isso, eles mostraram aos 206 participantes fotos de refeições ricas em gordura, carboidrato ou com uma combinação das duas opções. Em, seguida, eles pediram que os participantes estimassem a quantidade de calorias das refeições nas imagens. “Surpreendentemente, os alimentos que continham gorduras e carboidratos parecem sinalizar suas potenciais cargas calóricas para o cérebro através de mecanismos distintos. Nossos participantes foram muito precisos em estimar calorias provenientes de gordura e muito pobres em estimar calorias de carboidratos”, contou Dana Small, diretora do Centro de Pesquisa de Dieta e Fisiologia Moderna de Yale, ao Medical Daily.

Não dá para rejeitar

A equipe também pediu que os voluntários determinassem quanto pagariam por cada uma das refeições apresentadas. Segundo os cientistas, todos estavam dispostos a pagar mais por alimentos que combinavam carboidrato e gordura, em comparação com os que ofereciam apenas gordura ou apenas carboidratos. A equipe ainda monitorou, em tempo real, como os circuitos neurais no centro de recompensas do cérebro se ‘acendiam’ diante dos alimentos. As imagens mostraram que as reações eram maiores diante de refeições que combinavam gorduras e carboidratos, principalmente quando comparadas a lanches mais doces, alimentos mais ricos em energia ou até mesmo as comidas favoritas. De acordo com Dana, gostar mais de um alimento não interfere na resposta, uma vez que é realmente mais difícil resistir a certos alimentos, sejam eles favoritos ou não. Essas descobertas podem ajudar especialistas a entender como o sistema de recompensas contribui para o ganho de peso, promovendo excessos, mesmo quando o indivíduo não está com fome.

Processo evolutivo

Para explicar por que o cérebro humano funciona assim, os autores fizeram uma comparação com a alimentação dos nossos ancestrais, que comiam principalmente alimentos de fontes naturais, que não continham a combinação gordura-carboidrato.  Segundo eles, como a maioria desses produtos calóricos ainda é relativamente nova se comparada aos alimentos naturais, o cérebro ainda não evoluiu o suficiente para lidar com as reações desencadeadas por eles. Enquanto essa evolução não acontecer, resistir a essa combinação calórica continuará sendo um trabalho hercúleo. (Veja)


Casal fica ‘engatado’ em hotel e caso vai parar na delegacia

Pênis e vagina podem ficam "plugados" em alguns casos raros.


Foto: Reprodução/The Kenyan Post

Um casal teve que gritar por ajuda depois de ficar “engatado” em um quarto de hotel em Kitale (Quênia). O homem e a mulher acabaram “colados” durante uma relação sexual. A polícia foi chamada ao local, contou o site “Nairobi News”.

A mulher é dona da casa em que o homem vive com a família em Lodwar (Quênia). Rotineiramente, ele faz viagens de negócios a Kitale, onde se encontra com a amante.

Os dois foram cobertos e levados ainda “presos” a uma delegacia de polícia, onde, após alguns minutos, acabaram se soltando.

O médico John Dean afirmou à BBC que pênis e vagina podem ficam “plugados” em alguns casos raros.

“Os músculos pélvicos da mulher se contraem ritmicamente em um orgasmo. Durante essas contrações, o pênis pode ficar mais volumoso e acabar preso”, explicou ele.

Em um episódio assim, quando os músculos vaginais relaxam, o pênis pode ser liberado. Extra.