Por que os exercícios aeróbicos são bons para o coração?

Praticar esportes é indicado para qualquer pessoa. Mais importante ainda para os cardiopatas. Para isso, é essencial consultar um médico e saber quais as limitações de cada paciente e quais exercícios eles podem fazer. Os exercícios aeróbicos, por exemplo, são recomendados especialmente para os pacientes com problemas cardíacos. Pois eles ajudam na elevação da capacidade … Leia Mais


Câmara de Goiânia aprova ‘ônibus rosa’ exclusivo para mulheres

A Câmara de Goiânia aprovou a criação do chamado “ônibus rosa” – parte da frota do transporte coletivo exclusiva para mulheres e crianças de até 14 anos acompanhadas por uma responsável. De autoria do vereador Zander Fábio (PEN), a proposta será encaminhada agora para a prefeitura, para sanção ou veto do prefeito Iris Rezende (MDB). … Leia Mais


Pesquisa indica que 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente

A perda de dentes é o segundo fator que mais prejudica a qualidade de vida de pessoas entre 45 e 70 anos, segundo dados de pesquisa que ouviu 600 latino-americanos, entre eles 151 brasileiros. O estudo Percepções Latino-americanas sobre Perda de Dentes e Autoconfiança, feito pela Edelman Insights, destaca ainda que, para 32% dos entrevistados, a perda … Leia Mais


Fã de doce? Aprenda a fazer cocada mole

Cocada é um dos doces preferidos do brasileiro, mas não é dos mais práticos. Para facilitar para os aficcionados por este doce, a Vitarella ensina a fazer a versão mole, que demora apenas alguns minutos para ficar pronta. Confira o passo a passo: Ingredientes   160 gramas coco fresco ralado 90 gramas açúcar 1 lata … Leia Mais


Livro ensina como superar a ansiedade definitivamente

Amanda Dreher, terapeuta com mais de 12 anos de vivência em autoconhecimento, lança o segundo livro, Stop Ansiedade, que reúne diferentes técnicas, ferramentas e exercícios para controlar esse mal de uma vez por todas


Saiba como agir em uma entrevista de emprego

Manter a calma e demonstrar interesse são fundamentais


Para quem participa de processos seletivos, nada melhor do que ser chamado para uma entrevista pessoal com o recrutador ou com um gestor. Mas como se sair bem nessa etapa tão importante, que pode ser a porta de entrada para o mundo do trabalho?  

Antes de tudo, é essencial entender o processo. A entrevista consiste em uma conversa entre duas ou mais pessoas com o objetivo de esclarecer informações do currículo do candidato. O selecionador poderá analisar as informações e, também avaliar suas atitudes, preferências e opiniões a respeito de determinado assunto.

Para Luiz Gustavo Coppola, superintendente de Atendimento do Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE, é importante manter a calma, pois o nervosismo e ansiedade são fatores avaliados. “Seja firme nas respostas, fale com clareza e objetividade”, instrui.

Também é importante que o candidato faça o dever de casa, ou seja, pesquise informações sobre a empresa e o mercado, e, se for o caso, sobre o currículo do entrevistador.  “Se você chegou até a entrevista, é porque tem algo a oferecer a empresa. Então essa é a hora de demonstrar interesse, mostrar que deseja aprender e crescer na função e que pode ser uma ótima adição ao quadro”, considera Coppola.

Outras atitudes que são positivas na hora de encarar uma entrevista de emprego para estágio ou aprendizado:

 

Seja pontual

Calcule seu trajeto de casa até o local da entrevista considerando eventual trânsito e saia mais cedo para garantir a pontualidade.

Sinceridade e honestidade

Seja você mesmo e seja o mais honesto possível. Pode ser tentador soltar uma mentira ou aumentar alguma qualidade, mas lembre-se: o entrevistador é um profissional treinado e capaz de perceber a falta de verdade em alguém.

Vista-se de acordo
Não existe um único código de vestimenta que seja recomendado para entrevistas. Isso porque o jeito de se vestir pode variar de uma empresa para outra, de acordo com o ambiente de trabalho.

Por exemplo: um ambiente mais sério, como um banco, um órgão público ou um escritório de advocacia exige terno e blazer, sapatos sociais e itens formais. Uma agência de publicidade ou uma startup, por outro lado, tendem a apresentar uma política mais casual de vestimenta. O importante é se vestir de acordo com o local para o qual se candidatou.

Boas práticas, já!
Nunca é demais lembrar, mas sabe aqueles ensinamentos básicos? Seja educado, usando “bom dia”, “obrigado”, “por gentileza” com qualquer colaborador que encontrar. E, por fim, evite chicletes e balas no momento da entrevista, cuidado com a postura corporal mantenha o telefone celular desligado.

5 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O CIEE

1 – É uma entidade de assistência social, de caráter filantrópico, sem fins lucrativos e não tem qualquer vinculação com os governos, Sistema S (Sesi, Sesc, Senai) ou entidades de classe.

2 – Promove o acesso e a integração ao mundo do trabalho a adolescentes e jovens por meio da oferta de programas de estágio e aprendizagem.

3 – É uma entidade qualificada para ministrar os encontros de capacitação socioprofissional a aprendizes.

4 – É mantida por contribuições de empresas e órgãos públicos parceiros nos programas ofertados. Nada é cobrado dos jovens e adolescentes beneficiados.

5 – É dirigido com um conselho composto por educadores, profissionais liberais e empresários, todos voluntários.

Sobre o CIEE

Desde sua fundação, há 54 anos, o CIEE se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Em 2003, abriu uma nova frente socioassistencial com a aprendizagem. Atualmente, administra o estágio de 200 mil estudantes e a aprendizagem de 100 mil adolescentes e jovens. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltada à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações vulneráveis.

Acompanhe o CIEE pelas mídias sociais: Facebook,Instagram, Twitter, YouTube e Linkedin.

www.ciee.org.br


Herpes simples também pode afetar os olhos e pálpebras

Estima-se que 60 a 80% da população mundial é portadora do vírus do herpes simples que pode afetar os olhos


Certamente você, ou alguém que você conhece, já desenvolveu as lesões do vírus herpes simples tipo 1 (HSV-1), já que o micro-organismo infecta cerca de 80% da população em geral. É este vírus que causa aquelas bolhas doloridas, que costumam aparecer nos lábios, cavidade oral ou próximas da boca. De acordo com a Academia Americana de Oftalmologia, o HSV-1 é a principal causa de infecções nos olhos.

Mas, o que poucas pessoas sabem é que este mesmo vírus também pode causar lesões nas pálpebras e nos olhos, mais especificamente na conjuntiva e na córnea, levando a quadros de conjuntivite e de ceratite herpética, esta última quando atinge a córnea.

Segundo a oftalmologista Dra. Tatiana Nahas, Chefe do Serviço de Plástica Ocular da Santa Casa de São Paulo, normalmente a infecção pelo herpes simples ocorre na infância. “Nem todas as crianças irão desenvolver as lesões. Na verdade, na maioria dos casos será uma infecção assintomática e autolimitada. O problema é que o vírus se aloja nos gânglios sensoriais do nervo trigêmeo e fica latente”.

Isso quer dizer que uma vez que a pessoa foi infectada, terá o vírus instalado no organismo para o resto da vida. Embora as lesões mais comuns sejam aquelas que afetam a região da boca, o vírus também pode se manifestar nos olhos, levando a quadros que podem ser graves quando não tratados.

Gatilhos
Algumas situações podem desencadear uma crise de herpes. “Quando reativado, o vírus irá migrar por meio dos nervos até chegar nos tecidos periféricos, ou seja, na pele das pálpebras, conjuntiva e córnea. Os principais fatores que podem desencadear essa reativação são o sol, quadros febris, baixa imunidade, traumas no local (como cirurgias) ou ainda o estresse”, comenta Dra. Tatiana.

Sintomas
Quando o herpes simples afeta os olhos, pode causar uma série de sintomas. No geral, apenas um olho é afetado. Além disso, os sintomas irão variar de acordo a área atingida. Entre os principais sinais de herpes simples nos olhos estão:

  • Sensação de corpo estranho, areia nos olhos
  • Dor de cabeça
  • Sensibilidade à luz
  • Vermelhidão
  • Lacrimejamento
  • Coceira
  • Irritação

“Se o herpes afetar somente as pálpebras, as manifestações são semelhantes às que atingem a cavidade oral e os lábios, ou seja, inicia-se com uma coceira, surgem bolhas que evoluem para feridas/crostas, que cicatrizam e caem. Porém, a maior preocupação é quando o vírus afeta a conjuntiva, a córnea ou a retina”, conta Dra. Tatiana.

Diagnóstico diferencial
Os sintomas do herpes ocular podem lembrar muito a conjuntivite. Mas, a principal diferença é que a conjuntivite afeta os dois olhos, na maioria dos casos. Já o herpes costuma atingir apenas um olho. Essa diferenciação é fundamental para evitar que a doença evolua e atinja a córnea, levando a um quadro de ceratite herpética”, comenta Dra. Tatiana.

A ceratite herpética é principal causa de cegueira em países desenvolvidos, graças a recorrência da doença. A taxa de recorrência do herpes ocular, depois do primeiro episódio, é de 27% no primeiro ano, de 50% em cinco anos e de 63% em 20 anos. O risco aumenta de acordo com o número de episódios, ou seja, quanto mais crises a pessoa tiver, mais elevada é a probabilidade de ter novamente.

Tratamento
Como vimos, o pronto reconhecimento clínico do herpes ocular é fundamental para evitar danos à visão. “A ceratite herpética, quando não tratada, pode levar à perda da visão, opacidade da córnea ou até mesmo à perfuração da córnea. Portanto, mesmo que a lesão esteja apenas nas pálpebras, ela pode infectar outras estruturas do olho e precisa ser tratada. O ideal é procurar um oftalmologista o quanto antes, ao apresentar os sinais e sintomas do herpes”, ressalta Dra. Tatiana.

Em geral, o tratamento pode ser feito com antivirais tópicos ou orais. Alguns pacientes, principalmente os que apresentam recorrência do herpes ocular, podem precisar de uma terapia profilática, ou seja, podem precisar usar os antivirais para evitar novas crises.

A prevenção passa pela higiene das mãos, evitar contato com pessoas infectadas, jamais compartilhar objetos de uso pessoal, como itens de maquiagem, por exemplo, gerenciar o estresse, evitar banhos de sol e cuidar para manter uma boa imunidade, por meio de um estilo de vida saudável.


Edital de concurso da PM tem ‘masculinidade’ como critério de seleção


A Polícia Militar (PM) do Paraná abriu 16 vagas para cadetes em um concurso público com inscrições a partir desta segunda-feira (13). A instituição tem 72 critérios da avaliação psicológica para avaliar se os candidatos possuem o perfil pré-estabelecido para o cargo. “Masculinidade” esta entre as características esperadas dos candidatos.

As vagas são para homens e mulheres com até 30 anos. No entanto, o número de vagas preenchidas por mulheres não pode ultrapassar 50% do total, em respeito à Lei Estadual nº 14.804/2005.

O critério “masculinidade” é descrito no edital como “capacidade de o indivíduo em não se impressionar com cenas violentas, suportar vulgaridades, não emocionar-se facilmente, tampouco demonstrar interesse em histórias românticas e de amor”.

O documento diz que o candidato teve ter uma “masculinidade” em grau maior ou igual a “regular”.

A Aliança Nacional LGBTI+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais, Travestis e Intersexuais) e o Grupo Dignidade publicaram uma nota de repúdio ao caso. Para estes grupos, a PM está discriminando mulheres.

“Fere a Declaração Universal de Direitos Humanos e a Constituição Federal Brasileira no que diz respeito à igualdade de todas as pessoas, além de estar na contramão dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ONU) em relação ao alcance da igualdade entre os gêneros”, diz a nota.

As instituições querem que o edital seja revogado.

O Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) informou ao ‘G1’ que está avaliando o posicionamento do órgão em relação ao edital. A coordenadora da Comissão de Avaliação Psicológica do CRP-PR, Mari Angela Calderari Oliveira, adiantou que o documento tem outros itens em desacordo com o que deve ser uma avaliação psicológica em concursos público.

Segundo a coordenadora, a Resolução nº 2/2016 do Conselho Federal de Psicologia (CFP) instituiu normas para a avaliação psicológica e criação do perfil profissiográfico, que define competências avaliadas em processos seletivos. O órgão emitirá uma nota quando concluir a avaliação do edital.

O Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), responsável pela realização do processo seletivo, informou ao site que os termos do edital são de responsabilidade da PM.


Brejões promove semana da saúde visual com atendimentos gratuitos à população.


O município de Brejões, distante 283 KM da Capital Salvador, realiza durante esta semana as ações do projeto “Visão sem Fronteiras”. Serão ofertados exames gratuitos e atendimentos oftalmológicos à população. As ações terão inicio nesta segunda-feira e seguem até a próxima quinta-feira 16 de agosto.

Ao longo desta ação serão realizadas palestras, orientações, encaminhamentos, prescrição de receitas para correção visual, encaminhamentos para intervenções de cirurgias ocular quando necessário e esclarecimentos sobre os cuidados com a visão.

As atividades da semana da saúde visual são promovidas pela Prefeitura Municipal de Brejões, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, em parceria com a equipe de voluntários da área de oftalmologia “Visão Sem Fronteiras”.

Os atendimentos serão realizados apenas na Sede e no Distrito Serrana.
• Brejões (sede): 13 e 14 de agosto. Das 8h às 12h e 13h30 às 17h
• População da Comunidade Pau Ferro* (atendimento no Distrito Serrana): 15 de agosto (MANHÃ): Das 8h às 12h
• População do Distrito Serrana: 15 de agosto (TARDE) Das 13h30 às 17h e 16 de agosto: Das 8h às 12h e 13h30 às 17h

Os atendimentos serão feitos por ordem de chegada com previsão de atendimento de até 100 pacientes por turno.
* A Com. do Pau Ferro (USF Gilson Manoel Fonseca) será atendida no Distrito Serrana.

Para maiores informações, os interessados deverão buscar as suas respectivas Unidades de Saúde na sede, Pau Ferro e Distrito Serrana.


Cirurgiões dos EUA alertam para perigos do ‘aumento de bumbum brasileiro’


Um grupo de associações americanas de cirurgiões plásticos divulgou um alerta nesta segunda (6) sobre os riscos do “Brazilian butt lift” (aumento de bumbum brasileiro), procedimento que aumenta as nádegas usando a gordura da própria paciente e que se popularizou nos Estados Unidos.

A operação é diferente da aplicação de PMMA (polimetilmetacrilato), usada na bancária Lilian Calixto, 46, que morreu após complicações em cirurgia realizada pelo médico Denis Cesar Barros Furtado, 45, conhecido em redes sociais como Doutor Bumbum.

No caso do ‘Brazilian butt lift’, a gordura primeiro é retirada por lipoaspiração de outra região do corpo e depois injetada no bumbum.

De acordo com os médicos, trata-se da cirurgia estética mais perigosa de todas: a cada cerca de 3.000 pessoas que realizam o procedimento, uma morre. A embolia pulmonar é a principal causa de morte decorrente da intervenção, segundo o especialista.

A abdominoplastia (cirurgia plástica na barriga), em segundo lugar no ranking de cirurgias mais arriscadas, mata uma pessoa a cada 13 mil que se submetem à intervenção, em média, de acordo com as associações.

Nos últimos quatro anos, a demanda pela cirurgia de aumento de bumbum dobrou nos Estados Unidos, segundo Peter Rubin, professor da Universidade de Pittsburgh e vice-presidente de finanças da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos (ASPS). Desde 2000, o crescimento foi de 254%.

Em 2017, foram mais de 20 mil procedimentos, grande parte deles nos estados da Flórida e da Califórnia. Pode custar de R$ 4.000 (cerca de R$ 15 mil) a US$ 5.000 (mais de R$ 18 mil), segundo dados da ASPS.

“O aumento da demanda levou a um crescimento no número de médicos não especializados que o realizam”, diz Rubin. Ele destaca as dificuldades do procedimento e diz que mesmo bons cirurgiões podem não estar preparados para realizá-lo.

Alertas semelhantes já haviam sido feitos pelas associações, que se reuniram em uma força tarefa para investigar riscos inerentes à cirurgia, promover estudos científicos e educar cirurgiões.

Mas, desta vez, a recomendação é para não enxertar gordura no músculo de forma alguma, explica o médico Steven Teitelbaum, da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASAPS).

Antes, os cirurgiões costumavam injetar a gordura no tecido subcutâneo, entre a pele e o músculo, e também na parte superficial do próprio músculo. Mas novas evidências mostram que a gordura pode chegar às veias.

O grupo de cirurgiões decidiu se posicionar de forma mais enfática após uma série de mortes ocorridas nos últimos anos causadas por procedimentos mal realizados. Uma das vítimas mais recentes foi Adianet Gonzales, de 30 anos, que realizou a intervenção em Miami.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional SãoPaulo (SBCP-SP) reforça a necessidade de serem observados dois pontos fundamentais antes de qualquer pessoa decidir se submeter a uma cirurgia plástica, seja para fins estéticos ou reparadores.

Primeiro, a escolha do profissional de saúde deve levar em conta a sua qualificação, com o título de especialista em cirurgia plástica emitido pela SBCP e pela Associação Médica Brasileira (AMB).

Segundo, é importante realizar o procedimento apenas em instalações médicas credenciadas.

Júlia Zaremba e Mariana Versolato | Folhapress