Lídice da Mata faz visita a Prefeita de amargosa

A Prefeita de Amargosa Karina Silva recebeu nesta terça-feira (08), a visita da Senadora da República Lídice da Mata, que veio prestar apoio e reiterar o seu compromisso com o município. A Senadora aproveitou a oportunidade e concedeu uma entrevista coletiva para os veículos de comunicação da cidade de Amargosa e Região. Lídice de Matta … Leia Mais


Serra avalia deixar PSDB para disputar Presidência, diz Folha

O ex-governador de São Paulo, José Serra, avalia deixar o PSDB para concorrer mais uma vez a presidente da República, em 2014, segundo a Folha. Aliados do tucano dizem que ele ainda não desistiu de chegar ao Palácio do Planalto. Entre as hipóteses listadas pela Folha, Serra poderia fundar uma nova sigla – a exemplo … Leia Mais




ACM Neto visita Nova Constituinte e determina ações emergenciais

O prefeito ACM Neto (DEM) fez a sua primeira visita oficial a um bairro de Salvador na manhã desta quinta-feira (3). O gestor esteve na comunidade de Nova Constituinte, em Periperi, no Subúrbio Ferroviário. Os secretários municipais da Educação, João Carlos Bacelar, e da Saúde, José Antônio Rodrigues Alves, acompanharam o alcaide. O democrata anunciou … Leia Mais


Deputada diz que novos prefeitos terão que administrar sem vestígio de corrupção


A deputada federal Alice Portugal (PCdoB), advertiu, em entrevista ao Blog Marcos Frahm, que os prefeitos eleitos e recém-empossados terão de ter responsabilidade e atender a enorme demanda. A parlamentar revelou que a expectativa da classe política para 2013 é de que os novos gestores possam administrar com honradez o erário público municipal. ”A nossa expectativa é que esses novos prefeitos possam honrar, acima de tudo, a relação popular, a garantia da defesa da política, com letras maiúsculas, combatendo qualquer vestígio de corrupção e constituir uma luta por políticas públicas que possam melhorar a vida da população”, afirmou. Considerada uma das mais expressivas lideranças do seu partido na Bahia, Alice tem um histórico de lutas sindicais. A comunista tomou a política como opção de vida. Militou no movimento estudantil e formou-se farmacêutica-bioquímica pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), instituição que mais tarde lhe recebeu como servidora. Constitui-se na universidade como principal liderança sindical e política, presidindo o sindicato dos trabalhadores técnico-administrativos da UFBA (Assufba Sindicato), por duas gestões. Em 1995 elegeu-se deputada estadual, depois se candidatou à Câmara Federal e já acumula três mandatos em Brasília.


‘Não vou tolerar corrupção’, diz prefeito ACM Neto durante a posse


O prefeito eleito ACM Neto (DEM) e os 43 vereadores de Salvador tomaram posse nesta terça-feira, durante uma cerimônia na Câmara Municipal. Em seguida João Henrique (PP) transferiu o cargo durante uma cerimônia no Palácio Thomé de Souza. Durante o discurso, o novo prefeito afirmou como pretende resgatar a autoestima da capital baiana. “Vou trabalhar incansavelmente para cumprir os compromissos que assumi com a população. Sei que não vai ser fácil. Mas, uma coisa posso garantir a vocês, não tenho medo de desafios. Aliás, tenho convicção de que são os desafios que nos fazem avançar. Mas não estou aqui para iludir ninguém. Não vou prometer soluções milagrosas ou criar falsas expectativas. Os problemas da cidade não serão resolvidos da noite para o dia. As conquistas, nós sabemos,  não caem do céu. Não são servidas em bandeja de prata. As conquistas, para acontecerem, precisam de muito trabalho, muito planejamento, muita dedicação… e, também, de algum sacrifício. Não vou deixar de tomar medidas duras, mas que são necessárias para tirar a nossa cidade da situação que ela se encontra. Algumas vezes é preciso tomar um remédio amargo agora para trazer resultados no futuro”.

O novo prefeito também afirmou que quer ser cobrado pelo que fez durante o mandato e garantiu que não vai haver fisiologismo durante a sua gestão. ACM Neto garantiu que não haverá troca de favores na sua gestão. “Esta história nefasta do toma lá dá cá não pode e não vai ser aceito neste governo. No novo secretariado da prefeitura, procurei escolher os melhores, os mais capazes, os mais comprometidos com o trabalho. Vamos implantar uma prática de gestão moderna e eficiente, estabelecendo metas claras e, principalmente, cobrando resultados. Todos os meus secretários assinaram uma carta de princípios que deverão seguir à risca. Não vou tolerar, em hipótese alguma, a corrupção. Pré-requisito número um para fazer parte dessa administração é ser ficha limpa. Meu compromisso é com a transparência, com a ética, com a austeridade. Quem fizer diferente disso será exonerado, investigado e responderá na justiça pelos seus atos”.

O democrata reconheceu que a situação financeira de Salvador não é das melhores, mas assumiu que isso não pode servir de desculpa para a inoperância da Prefeitura. “Isso não pode ser motivo para que a prefeitura fique parada. Precisamos nos mexer e, sem dúvida, um dos primeiros objetivos é enfrentar o problema da falta de recursos. Vamos apertar os cintos. Nós não temos o direito de desperdiçar um centavo sequer do dinheiro da prefeitura. Nós vamos gastar sim. Mas vamos gastar com aquilo que é necessário. Precisamos gastar menos com a estrutura da prefeitura e mais prestando um serviço decente ao cidadão de nossa cidade”.

ACM Neto também garantiu que pretende ter uma relação amistosa com o governador Jaques Wagner (PT) e a presidente Dilma Rousseff (PT), mesmo sendo de legenda diferente. “A eleição acabou. É hora de descer do palanque. Não vou governar fazendo política partidária, pensando nas próximas eleições. (…) Quero ter uma relação cordial com o governo estadual e o governo federal, buscando novas parcerias onde a gente tiver de buscar e também exigindo aquilo que Salvador merece e tem direito”. O novo prefeito encerrou o discurso afirmando o seu amor pela capital baiana vai direcionar o trabalho da Prefeitura durante os próximos quatro anos. “Amo essa cidade. Nasci aqui e quero morrer aqui. E quero oferecer os próximos quatro anos da minha vida a serviço de Salvador. Temos de encarar a crise que a cidade vive hoje, como uma oportunidade. Uma oportunidade para virar o jogo e alcançar grandes conquistas. Uma oportunidade para redescobrir a Salvador que tanto amamos”, concluiu.


Lula pode voltar em 2014


O encontro entre o ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff, em Paris, neste mês de dezembro alimentam a onda de especulações sobre uma candidatura do ex em 2014. Segundo informações de petistas ligados a Lula, no encontro o ele não afastou a possibilidade, se for necessário para defender o seu “legado”. Essas fontes teriam ouvido isso do próprio petista. Consultado, o Planalto diz que a conversa foi apenas entre os dois. Mesmo com a possibilidade do retorno ganhando força e forma fica a dúvida do cargo que Lula deverá se candidatar. Não se sabe ao certo se ele tem vontade de comandar o país, um Estado ou ser senador. 2013 deverá ser o ano da decisão e fortalecimento de seu nome.


Prefeito eleito de Laje garante sanar os problemas deixados pela antiga gestão


Nesta quarta-feira (26), Lélis Fernandes, entrevistou o prefeito eleito da cidade de Laje, Emiran Carvalo (PT) e comentou a respeito da sua posse e dos vereadores eleitos do município que ocorrerá no dia 1º de janeiro de 2013, às 16h, na câmara municipal de Laje. A cidade passou por alguns problemas, principalmente relacionados à ausência do prefeito atual (Dr. Luiz), Emiran argumentou que irá encontrar muitas dificuldades na prefeitura e garante que se fará presente para atender toda a população e promover o desenvolvimento do município, “desde que fui eleito, não sai da cidade, estou sempre nas ruas, na feira, nos mercados e vou procurar sanar todos os problemas e, inclusive, já estou fazendo um diagnóstico de tudo que está acontecendo”, alegou o prefeito.

Emiran comentou ainda que dará prioridade a saúde, por estar passando por vários transtornos e também terá um cuidado com a educação, acompanhando os problemas de perto para solucioná-los.


‘Estimulado’ por correligionários, Geddel avalia disputar presidência do PMDB


O vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa, Geddel Vieira Lima, classificou nesta quarta-feira (26) como uma “coisa embrionária” a possibilidade de disputar a presidência nacional do PMDB. Geddel confirmou que tem sido procurado por correligionários que desejam vê-lo no comando do partido. “Isso surgiu de uma série de estímulos que tenho recebido de lideranças peemedebistas”.

Os colegas de legenda argumentam que o vice-presidente da República, Michel Temer, deverá concorrer novamente e se licenciar. Assim, o cargo seria ocupado pelo vice da sigla, Valdir Raupp. Sobre a chance de concorrer novamente ao governado do Estado, o ex-ministro reiterou sua vontade de ser o chefe do Executivo baiano. “Tenho que avaliar o quadro em 2014.

Meu desejo é que o PMDB tenha candidato próprio e eu quero disputar mais ma vez. Agora, entre desejar e ser candidato, há uma grande diferença. Tenho que aguardar as circunstâncias”, avaliou.

BN