Dilma convida Lula para jantar com cúpulas do PT e PMDB

A presidente Dilma Rousseff convidou o ex-presidente Lula para um jantar com as cúpulas do PT e PMDB no Palácio da Alvorada, nesta terça-feira (6). Serão discutidas durante o encontro a alianças entre os partidos, a rearrumação do espaço político no governo após as eleições municipais e estratégias para 2014. “Vamos conversar sobre eleições e … Leia Mais


Nomes de peso estão na lista para disputar o governo

Passadas as eleições municipais, a disputa pelo Palácio de Ondina parece ter começado. Depois de perder a disputa sucessória na capital, o Partido dos Trabalhadores já inicia as suas articulações para fortalecer nomes de possíveis sucessores do governador Jaques Wagner (PT). Segundo nota publicada pelo Jornal Tribuna da Bahia, vários nomes estariam no páreo, como: … Leia Mais


Eduardo Campos e Aécio se unem por ‘pacto federativo’

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), dois nomes cotados para a eleição presidencial de 2014, já estão afinados no discurso da necessidade de um novo pacto federativo no País. A desconcentração das receitas que estão com a União e o fortalecimento dos Estados e municípios são uma bandeira … Leia Mais


Paulo Souto será coordenador da transição para governo de ACM Neto

O prefeito eleito de Salvador, ACM Neto, anunciou nesta quinta-feira (1º) que o seu coordenador no grupo de transição será o ex-governador Paulo Souto. Presidente de honra do Democratas, Souto comandou a equipe que elaborou o plano de governo de Neto durante a campanha. O anúncio foi feito em coletiva à imprensa antes do primeiro … Leia Mais


Ibope: Salvador tem segunda pior avaliação para prefeito, governador e presidente

A população de Salvador registra a segunda pior avaliação dos gestores dos governos Federal e Estadual e da Prefeitura entre as 26 capitais brasileiras (exceto Brasília). É o que revelam as pesquisas de intenção de voto do Ibope Inteligência nas eleições municipais deste ano, que avaliaram as administrações públicas nas esferas federal, estadual e municipal. … Leia Mais


‘O governo Dilma é melhor que o do Lula’, compara ACM Neto


O prefeito eleito em Salvador, ACM Neto, afirmou, em entrevista à Folha, que considera o governo de Dilma Roussef superior ao do seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva. “Eu acho que o governo Dilma é melhor que o do Lula. Porque eu acho que é um governo que tem, digamos, mais equilíbrio na posição institucional. É um governo que não é tão condescendente com aquelas velhas práticas da política, do ‘toma lá, dá cá’. Claro que existe uma presença muito forte, partidária, no governo, mas eu acho que a presidente, nesse aspecto, ela é mais dura no tratamento”, avaliou. O democrata concedeu a entrevista em Brasília, onde teve uma reunião com a bancada baiana na Câmara de Deputados na quarta-feira (31). Mesmo após ter pedido ao vice-presidente Michel Temer para ser uma das pontes com a mandatária, Neto disse que pretende cumprir, inicialmente, conversas com o governo estadual antes de partir para um diálogo direto com o governo federal. “Nós estamos, primeiro, iniciando o diálogo com governador Jaques Wagner, como tem que ser, e, em seguida, vamos abrir o diálogo com a presidente Dilma Rousseff”, considerou. O futuro gestor voltou a minimizar as declarações da chefe de Estado durante comício do então candidato Nelson Pelegrino (PT) na capital baiana. “E eu sei o que é o processo político. Aquele calor do palanque, do embate. Eu acho que a presidente tinha direito de ir á Salvador, pedir voto para o seu candidato, o deputado Nelson Pelegrino”, ponderou.  Líder do DEM na Câmara, o deputado federal, que só se afastará do cargo para comandar a prefeitura em 2013, também admitiu que o partido tem cometidos erros nos últimos anos. “Não teve a capacidade de consolidar um projeto nacional próprio, de apresentar um candidato próprio de presidente da República durante todo esse período, né? E, segundo, não conseguiu criar uma identidade tão forte de comunicação direta com as pessoas. Quando eu consegui fazer isso em Salvador, eu saí vitorioso”, disse.


Serra diz a tucanos que renovação é coisa do PT


O candidato derrotado do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, procurou integrantes do seu partido para reclamar da tese da renovação que passou a ser defendida por parte dos tucanos, na esteira do resultado das urnas. Nesta segunda-feira, um dia depois da derrota, Serra telefonou e enviou e-mails para ex-integrantes de sua campanha e aliados no PSDB paulista. Afirmou que a defesa da renovação era um tema que interessava apenas ao PT e reclamou das declarações feitas pelos integrantes do partido que defenderam publicamente mudanças no quadro partidário. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo apurou, Serra disse que o PSDB estava se submetendo a uma estratégia dos petistas e que as declarações de defesa dessa tese eram uma traição à sua candidatura. O tucano argumenta que entrou na disputa municipal depois de ser pressionado pelo partido, alegando que ele seria o melhor quadro para vencer o PT – a decisão também serviu a Serra, que, naquela ocasião, enfrentava certo isolamento partidário.

Estadão


Dilma vai ser candidata à reeleição, confirma PT


No balanço que fez nesta segunda-feira sobre o desempenho do PT nas eleições municipais deste ano, o presidente nacional do partido, Rui Falcão, confirmou que a presidenta Dilma Rousseff será candidata à reeleição em 2014. “Se quiser, o PT tem mais de uma opção para a Presidência, embora a candidatura seja a da presidente Dilma”, disse Falcão. O nome de Luiz Inácio Lula da Silva não foi citado como uma das opções, mas Falcão comentou que a eleição de Fernando Haddad como prefeito de São Paulo é prova de que a popularidade do ex-presidente continua em alta em São Paulo. Para ele, a vitória do PT na capital paulista “tem uma repercussão nacional e internacional”. A legenda elegeu 635 prefeitos no país e foi o terceiro melhor desempenho, atrás do PSDB (702) e PMDB (1.026). “Aqui se jogava a sorte do maior PIB do País e se o prestígio do Presidente Lula continuava ou não”, afirmou. Em seu primeiro compromisso como prefeito eleito, Haddad esteve ontem com a presidenta em Brasília e já teve que abordar com ela um assunto espinhoso: a dívida da cidade com a União, que beira os R$ 48 bilhões.

“Tangenciamos por esse assunto (a dívida). Comungamos do mesmo objetivo de fazer parceria em torno de todos os temas de interesse de São Paulo. Esse assunto é presente nas nossas conversas. Há também investimentos federais que quero levar para São Paulo”, disse o petista, que anunciou a formação de um grupo de trabalho para planejar parcerias com o governo federal em áreas como saneamento, educação e transporte público. Haddad, que disse ter matado “um pouquinho a saudade” da presidenta, aproveitou a viagem para visitar o Ministério da Educação, pasta que comandou por quase sete anos, nos governos Lula e Dilma. Saiu de lá com a promessa do sucessor Aloizio Mercadante de que o ministério agora pode “fazer muito mais” pela educação de São Paulo. Segundo o ministro, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD) ignorou verba de R$ 250 milhões que estavam disponíveis para a construção de 174 creches na cidade. O PSD de Kassab, no entanto, agora está na mira do PT, segundo Rui Falcão: “Nós apoiamos o PSD em Ribeirão Preto, a Darcy Vera, já no compromisso de que a Darcy Vera estará no palanque da presidenta Dilma em 2014. Espero que o PSD todo esteja na aliança nacional de 2014.” Depois do resultado da eleição, Kassab anunciou que vai trabalhar “a quatro mãos” com Haddad para fazer a transição e que, se depender dele, os sete vereadores eleitos do PSD vão fazer parte da base aliada do novo prefeito. Kassab já está cotado para integrar o primeiro escalão de Haddad. (Odia)


ACM Neto diz que vai procurar governador


ACM Neto (DEM) é o novo prefeito eleito de Salvador. Segundo apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), totalizando 100% das urnas na capital baiana, o candidato do Democratas obteve 53,51% dos votos válidos, 717.865 em números absolutos, contra 46,49% (623.734) de Nelson Pelegrino (PT), neste segundo turno. Em seu comitê, ao lado da vice-prefeita eleita, Célia Sacramento, e de Geddel Vieira Lima, ACM Neto comemorou a vitória e afirmou que tem consciência do tamanho do desafio que tem pela frente. “Sou muito grato ao povo de Salvador que me deu essa confiança. Minha aliança fundamental foi como o povo de Salvador”, afirmou. O candidato eleito afirmou que, com o final da eleição, “acabou a disputa política” e que procurará o governador Jaques Wagner e a presidente Dilma Rousseff para manter uma relação harmônica com o objetivo de melhorar a situação da cidade. “Meu desejo é servir ao povo da minha cidade. Agora, todo mundo tem que dar as mãos para servir à a cidade, e este é o meu espírito”.

A tarde


FHC defende renovação do PSDB


Ex-presidente da República pelo PSDB, Fernando Henrique Cardoso, voltou a afirmar neste domingo (28) que a legenda precisa de renovação e que tem que voltar a se afinar com o sentimento da população. “A renovação é necessária sempre e o Brasil está mostrando isso mais uma vez hoje”, afirmou o ex-presidente ao votar em um colégio da zona oeste da capital paulista. Fernando Henrique, no entanto, disse que o candidato tucano à prefeitura de São Paulo, José Serra, fez uma campanha “tenaz”. “O Serra é mais jovem do que eu e ele ainda tem a possibilidade de continuar a sua carreira, mas o partido, no geral, precisa de renovação. O momento é de mudança de gerações, mas isso também não quer dizer que os antigos líderes vão desaparecer. Eles têm apenas que empurrar os novos para a frente”, comentou FHC. Informações do Estadão.