Marina Silva lançaria novo partido em janeiro de 2014

De acordo com reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo deste domingo, Marina Silva decidirá sobre a criação de um novo partido em janeiro. A terceira colocada na última corrida presidencial em 2012 com 19,6 milhões de votos, vê a criação de uma nova legenda como hipótese para voltar a concorrer ao Planalto em … Leia Mais


Paulo Azi subsitui Aleluia na presidência do Democratas

O deputado estadual Paulo Azi é o novo presidente estadual do Democratas. Ele substitui José Carlos Aleluia, que deixa a presidência do partido para assumir a secretaria municipal de Urbanismo e Transporte, na gestão do prefeito eleito ACM Neto, a partir do dia 1º de janeiro. A escolha de Azi foi feita durante a reunião … Leia Mais




Vice-prefeito do município de Amargosa, Cézar Mercês fala da emoção em ser diplomado


O vice-prefeito eleito e agora diplomado da cidade  de Amargosa, Cezar Mercês do PRP falou da alegria em poder contribuir com a administraçãode Amargosa ao lado de Karina Silva.

“Este momento é muito emocionante  e muito gratificante, nos sentimos muito à vontade e com o compromisso total com o povo de Amargosa”, destacou ao Repórter Magno Bastos.

Cezar disse está ciente da responsabilidade dos compromissos de campanha. “Nossos compromissos de campanha serão cumpridos e acredito muito na nossa prefeita Karina Silva e tenho certeza que é uma pessoa correta e vai administrar Amargosa com muito respeito e dignidade” ( Criativa On Line)


ACM Neto e Célia são diplomados em Salvador


Na tarde desta terça-feira (18), a solenidade de diplomação dos eleitos para 2013 em Salvador foi realizada no auditório do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). Autoridades, parentes e amigos dos diplomados participaram da cerimônia.  O futuro prefeito da capital baiana, ACM Neto, foi o primeiro a receber o documento entregado pela presidente do TRE, a desembargadora Sara Silva de Brito.Em seguida, foi a vez da vice-prefeita eleita Célia Sacramento. A desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, vice-presidente do órgão, entregou o diploma. O terceiro a ser diplomado foi o vereador mais votado, Carlos Muniz (PTN), que recebeu o documento das mãos da juíza Ângela Bacellar Batista, titular da 18ª Zona Eleitoral. Então, os outros 42 vereadores eleitos e os 16 primeiros suplentes de cada coligação ou partido foram chamados.


Datafolha: Se eleições fossem hoje, Dilma ou Lula venceriam a disputa


De acordo com pesquisa Datafolha, se a eleição presidencial fosse hoje, o PT teria dois nomes com chance de vencer no primeiro turno. Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva têm no momento mais intenções de voto do que todos os possíveis adversários somados, aponta pesquisa na quinta-feira. Dilma vai de 53% a 57%, conforme o cenário. Lula teria 56% se disputasse a Presidência. No Brasil, vence no primeiro turno o candidato que tem mais da metade dos votos válidos. O PT ganhou três disputas para o Planalto (2002, 2006 e 2010), mas só no segundo turno.

O Datafolha ouviu 2.588 pessoas em 160 cidades no dia 13. A margem de erro é de dois pontos percentuais.  Embora os percentuais de Dilma e de Lula sejam equivalentes na pesquisa estimulada (quando o entrevistado escolhe um nome a partir de uma lista), a situação muda no levantamento espontâneo. Na pesquisa sem estímulo de nomes, Dilma recebe 26% das preferências. Com menos da metade, mas isolado em segundo, vem Lula, com 12%. Há também 1% cuja preferência é “PT” ou “vai votar no PT”. O petismo somado recebe 39% de intenções de voto espontâneas segundo o Datafolha.

Os candidatos de oposição têm percentuais modestos no levantamento espontâneo. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) registra 3%. Os também tucanos José Serra e Geraldo Alckmin têm 2% e 1%, respectivamente. Marina Silva (sem partido) aparece com 1%. Outros 46% não responderam.


‘Vocês já viram banqueiro nos jornais?’, dispara Lula em crítica velada à imprensa brasileira


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez, durante discurso em uma conferência em Paris nesta quarta-feira (12), uma rápida comparação, sem elo direto aparente, sobre o tratamento dado pela mídia às denúncias contra políticos e contra banqueiros. ‘Quando político é denunciado, a cara dele sai noite e dia nos jornais. Vocês já viram banqueiro nos jornais? São eles que pagam as publicidades da mídia’, afirmou Lula em tom crítico, sob aplausos da plateia. Com um fortíssimo esquema de segurança, que impedia a todo custo a aproximação de jornalistas, o ex-mandatário brasileiro falou no evento por 1 hora e 20 minutos. A participação de Lula na conferência realizada pelo instituto que leva o seu nome foi organizada de maneira a impedir a aproximação dos repórteres. A área da imprensa foi mudada em relação ao dia anterior (o evento durou dois dias), para evitar que os profissionais ficassem perto da porta pela qual o ex-presidente passaria. No final do fórum, os agentes de segurança cercaram os jornalistas e fizeram uma barreira para que eles não pudessem avançar em direção ao palco onde estava Lula. (BN)

Sarney voltará a assumir a Presidência após 22 anos


O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), assumirá a partir desta quinta-feira (13) a presidência interina do país. Quarto na linha sucessória, Sarney voltará ao posto ocupado por ele 22 anos atrás devido a viagens internacionais da presidente Dilma Rousseff, do vice-presidente, Michel Temer, e do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS). Ele fica no cargo até sábado, quando Dilma retorna ao Brasil. Nesta terça, Sarney disse que não tem planos para o período em que será presidente em exercício. “Eu apenas vou cumprir uma exigência constitucional, que diz que quando o presidente, o vice-presidente e o presidente da Câmara estão ausentes, assume o presidente do Senado. Mas é uma coisa de rotina”, afirmou. Sarney disse ainda que não se sente voltando à Presidência. “Eu me sinto já tendo saído da Presidência”, afirmou.