PT e aliados conseguem assinaturas para tentar novo plebiscito, diz Rui Falcão

O presidente do PT, Rui Falcão, disse nesta segunda-feira (26) que o partido e legendas aliadas alcançaram o número de assinaturas necessárias para apresentar um projeto de decreto legislativo na tentativa de ressuscitar um plebiscito sobre reforma política. As bancadas de PT, PSB, PDT e PCdoB decidiram coletar assinaturas para o projeto depois que fracassou … Leia Mais


César Borges não descarta candidatura ao governo da Bahia em 2014

Ministro dos Transporte do governo Dilma, o ex-governador da Bahia, César Borges (PR), foi o entrevistado do programa CBN Salvador 1º Edição, na manhã desta segunda-feira (26). Ao ser questionado sobre os investimentos realizados pela pasta voltados para Salvador, o Republicano citou a Via Expressa Baía de Todos os Santos, afirmando que a mesma irá … Leia Mais


ACM Neto dispara em pesquisa para governo do estado

A disputa para suceder o governador Jaques Wagner continua acirrada. E não é só entre os pré-candidatos petistas. Em pesquisa realizada pelo Ibope, entre os dias 17 e 21 de agosto, com 1008 pessoas, o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) ocuparia a cadeira do governador. A pesquisa foi encomendada pela Federação dos Empregados no … Leia Mais


FHC minimiza discussão sobre prévias no PSDB

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso minimizou neste sábado (24) a importância do debate sobre a realização de prévias para a escolha do candidato tucano à disputa presidencial de 2014. O favorito é o senador e presidente do PSDB, Aécio Neves. “Não está nem certo se vai haver outro candidato”, afirmou, após participar do evento TEDx Maré, … Leia Mais


Aécio descarta deixar cargo no PSDB em prévia

O senador Aécio Neves (MG) afirmou ontem que não vai deixar o comando nacional do PSDB se o partido promover prévias para definir o candidato tucano à Presidência da República em 2014. O mineiro é o nome com maior apoio na cúpula da sigla para a corrida ao Planalto, mas o ex-governador José Serra (SP) … Leia Mais


Gabrielli teria recebido incentivo de Lula para continuar na disputa pelo governo da Bahia


GABRIELLIDesesperançoso em relação à corrida eleitoral para 2014, o secretário estadual do Planejamento, José Sérgio Gabrielli, teria recebido, recentemente, um empurrãozinho para lá de relevante em forma de ligação telefônica. De acordo com informações publicadas na coluna Satélite, do Correio deste sábado (24), o líder da pasta foi incentivado pelo ex-presidente Lula a continuar na disputa interna pela indicação de Wagner. Segundo informações obtidas pelo jornal, que diz ter ouvido fontes do circulo íntimo de Gabrielli, o secretário foi aconselhado pelo padrinho a ter paciência e saber esperar a hora certa, já que muita água ainda teria para rolar abaixo da ponte da sucessão.


Líder da oposição compara “Bahia real” à da propaganda


ELMAR NASCIMENTO

As discrepâncias, segundo ele, entre a Bahia retratada na propaganda do governo do Estado – que gasta o montante de R$ 180 milhões por ano, três vezes mais o investido em segurança pública – e a realidade vivenciada pela população foram enfatizadas pelo líder da oposição, deputado Elmar Nascimento, ao discursar em Porto Seguro durante sessão itinerante da Assembleia Legislativa realizada nessa quinta-feira (22) naquele município. “A Bahia da propaganda difere da realidade. A Bahia real está quebrada, é um estado falido por uma gestão perdulária de um governo incompetente, marcado pela corrupção e desvio de dinheiro público, sobretudo para abastecer os cofres das grandes empreiteiras, que colaboraram com a campanha do governador Jaques Wagner”, disse o parlamentar, citando empresas como OAS e Odebrecht, que consumiram dinheiro suficiente para construir cinco hospitais de médio porte nas obras da Arena Fonte Nova. Elmar lembrou a situação suspeita que envolveu a recente licitação para a etapa 2 do metrô de Salvador, que teve entre as empresas “ganhadoras” a Camargo Correa, “que roubou o dinheiro dos baianos na primeira etapa da obra, que deveria custar R$ 400 milhões para a construção de um trecho de 11 quilômetros, e gastou R$ 1,4 bilhão para um trecho de seis quilômetros. Uma obra que garanto será aditivida para irrigar a campanha do seu candidato ao governo do Estado”.

O líder oposicionista salientou também o aumento da violência no estado, que coloca Porto Seguro em sexto lugar no ranking das cidades mais violentas do país e Simões Filho, na RMS, como a capital da violência na América Latina. “A Bahia da verdade, é aquela onde só crescem a corrupção e a inificiência, em que as pessoas morrem nas filas dos hospitais, onde não há programas de educação e não há nenhum colégio construído, e na qual temos que colocar grades nas portas e janelas para nos proteger dos bandidos”, ressaltando que, em oito anos de mandato, o governador Jaques Wagner não vai deixar nenhuma obra significativa também para o Sul e Extremo Sul do estado. Elmar lembrou ainda da capacidade de mobilização da juventude brasileira que saiu às ruas para cobrar mais trabalho e menos corrupção dos políticos brasileiros e disse acreditar na capacidade da juventude baiana para mudar o destino do nosso estado.


PSB diz ter dificuldades para montar chapas na Bahia, diz Eduardo Campos


EDUARDO CAMPOS - FORMALBahia e Rio e Janeiro são os estados onde o PSB enfrenta dificuldades para montar chapas com candidatos a deputado federal para as eleições de 2014. A avaliação foi feita nesta terça-feira (20), pelo presidente nacional do partido, governador Eduardo Campos, ao fazer um balanço da reunião com os diretórios estaduais dos seis estados brasileiros que reúnem maior eleitorado – São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Rio e Bahia. No encontro, realizado na noite desta segunda (19), no Recife, decidiu-se pela criação de uma comissão para cuidar dos contatos a serem feitos nos estados, com o objetivo de “atrair novas filiações, animar pessoas” a disputarem cargos proporcionais. Segundo o governador, não foi aberta a discussão sobre sucessão estadual e nacional. “O debate será aberto em 2014, mas como temos prazos em 2013 estamos fazendo com que a comissão trabalhe naquilo que já é um desafio do partido”, afirmou.
(BN)

 


PMs baianos acompanharão marcha em Brasilia


PRISCO - FORMALDois ônibus repletos de policiais militares saem da Bahia nesta segunda-feira com destino a Brasilia. O objetivo é participar da marcha em favor da Proposta de Emenda Constitucional 102, a batizada marcha da desmilitarização, que ocorre nesta terça e quarta-feira (20 e 21 de agosto), na capital federal. A PEC 102 é principal aspiração das entidades de classe dos policiais militares, segundo anunciou o vereador soldado Prisco: “a PEC que interessa é a 102”.  A proposta prevê a mudança da natureza da polícia ostensiva de militar para civil. Com isso, os policiais militares teriam  direitos de greve e de sindicalização, hoje vedados pela Constituição, porque eles estão submetidos à hierarquia e  disciplina militares. Também não seriam mais regidos pelo Código Penal Militar, de 64, que fala até em pena de morte aos militares em estado de guerra que se negarem a descumprir ordens de superiores hierárquicos. “O próprio governo que sofreu com a ditadura em 64 é o que violenta a tropa retirando direitos previstos na constituição. Criando robôs que, hoje, fazem os manifestantes sofrerem mas que também sofrem desde sempre. É preciso acabar com isso e criar um novo modelo de polícia”, analisa Prisco.

O vereador  acrescenta ainda que os militares sequer gozam de todos os direitos previstos na Constituição Federativa do Brasil/1988. A legislação militar prevê sanções administrativas e penais até mesmo para os militares que debatem assuntos sobre disciplina militar, para quem denuncia ou discute atos do governo, ou até observa ato do superior hierárquico, mesmo que em prejuízo a coletividade. “Trata-se do cerceamento do direito constitucional de livre liberdade de pensamento, de expressão, de reunião, da livre atividade intelectual, de locomoção e outras expressas na carta magna do país”, observa soldado Prisco. Para o vereador, manifestantes estão cumprindo o seu papel ao ir às ruas e exigir livre manifestação do pensamento, mas erram o alvo quando tecem críticas vorazes ao PMs que cumprem ordens. “É preciso ir às ruas e brigar por um novo modelo de instituição. Uma instituição moderna, com uma tropa que não seja treinada para cumprir ordens de superiores mas agirem dentro do previsto pela Constituição Federal. É isso que queremos”, ressalta.


Geddel faz propaganda de possíveis adversários da presidente Dilma


895b2acba4ea97085b3d7682432eb11bMinistro do governo Lula, o vice-presidente da Caixa, Geddel Vieira Lima, gravou quatro inserções comerciais para o rádio e a TV na Bahia que exaltam o governo de possíveis adversários da presidente Dilma Rousseff em 2014 e criaram saia justa nas relações entre o PT e seu PMDB, aliados no plano nacional. Nas peças, para atacar o governador petista Jaques Wagner, Geddel exalta feitos do governo de Minas Gerais, comandado pelo hoje senador Aécio Neves (PSDB) entre 2003 e 2010, e Pernambuco, governado por Eduardo Campos (PSB). Também aparece com destaque o governo do Paraná, também sob gestão tucana, de Beto Richa. Geddel lidera o PMDB baiano e é pré-candidato ao governo estadual, cargo para o qual já concorreu em 2010, quando rompeu com Wagner, perdeu a eleição e passou a fazer oposição localmente.

São quatro as propagandas, cada uma com 30 segundos. “Enquanto os alunos da rede estadual da Bahia sofrem com escolas maltratadas, greve de professores e evasão escolar, Minas Gerais implantou a melhorescola pública do país”, diz o ministro da Integração Nacional de Luiz Inácio Lula da Silva entre 2007 e 2010.

Política Livre